Shifter junta-se ao The Crypto Syllabus para publicação em português

O Shifter e o The Crypto Syllabus, numa parceria internacional para desmistificar o mundo das "cripto", do blockchain e dos NFTs.
3 minutos de leitura

Descodificar o puzzle das cripto é o objectivo do The Crypto Syllabus, projecto de investigação e publicação coordenado pelo proeminente crítico de tecnologia Evgeny Morozov, de que o Shifter será parceiro. A partir de hoje, e durante um tempo indeterminado, o Shifter vai publicar uma série de conteúdos desenvolvidos pelo The Crypto Syllabus, assegurando a tradução dos textos para língua portuguesa e a sua disponibilidade para os nossos leitores.

O The Cypto Syllabus é uma publicação lançada esta segunda-feira, 20 de Dezembro, e que procura pela primeira vez ajudar a compreender o mundo emergente das cripto, do blockchain e dos NFTs – chavões a que nos habituámos a ouvir e a ler por aí. Este novo órgão de comunicação social resulta de uma colaboração entre o The Syllabus, da autoria do jornalista Evgeny Morozov, e o The Center for the Advancement of Infrastructural Imagination (CAII). O Shifter é o único meio português a colaborar com o The Crypto Syllabus.

“Porque lançámos o The Crypto Syllabus? A conversa emergente sobre tópicos relacionados com as cripto tem sido dominada, quase exclusivamente, por um leque muito restrito de vozes. Alguma da propaganda mais distorcida vem dos seus verdadeiros crentes que, tendo ganho algum dinheiro a especular com activos criptográficos estão agora na busca de grandes projectos intelectuais e de mudança do mundo para dormir melhor à noite. Mas há também muitas almas menos afortunadas no ringue do cripto-debate: labutando em start-ups com modelos de negócio duvidosos, continuam na esperança de ganhar um pedaço da cripto-acção.”

– excerto da nota auto-descritiva do The Crypto Syllabus, assinada pelo jornalista Evgeny Morozov

Nos próximos meses, publicaremos no Shifter entrevistas a políticos, académicos, artistas, entre outros, conduzidas pelo próprio Evgeny Morozov e outros convidados, expondo as suas perspectivas sobre o universo cripto, procurando expandir o conhecimento sobre este tema emergente, bem como aprofundar o debate que tem sido dominado por posições superficiais e altamente polarizadas. Como primeira iniciativa dessa parceria, publicamos uma entrevista completa a Andrés Arauz, político equatoriano que aos 36 anos já conta com a passagem por um cargo ministerial, bem como com importante trabalho de reflexão sobre o papel dos bancos centrais e a geopolítica inerente aos sistemas de pagamento. Na lista de entrevistados estão ainda nomes como Brian Eno, Katrin Becker, Geraldine Juárez, Izabella Kaminska, entre outros.

Os conteúdos do The Crypto Syllabus serão originalmente publicados em inglês no site do projecto, e serão sindicados para diversas línguas através de uma rede de meios parceiros, como o Il Manifesto, em Itália, ou o La Marea, o El Diario e o El Salto Diario, em Espanha, entre outros.

Podes ler aqui a primeira entrevista da série.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • O Shifter é uma revista comunitária de pensamento interseccional. O Shifter é uma revista de reflexão e crítica sobre tecnologia, sociedade e cultura, criada em comunidade e apoiada por quem a lê.

Sugestões de Leitura

Estamos a criar uma revista de reflexão e crítica sobre tecnologia, sociedade e cultura.

Uma revista criada em comunidade e apoiada por quem a lê.

Queremos fazer do Shifter um espaço de publicação para pensamento colectivo e comunitário, aberto a sugestões e diálogos. Um ponto de encontro entre diferentes actores da sociedade, da academia ao activismo, da cultura à política.

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt