Procurar

Onde fica Nagorno-Karabakh? A região em conflito que chegou à final da Liga Europa

Onde fica Nagorno-Karabakh? A região em conflito que chegou à final da Liga Europa

A democracia precisa de quem pare para pensar.

Num ambiente mediático demasiado rápido e confuso, onde a reação imediata marca a ordem dos dias, o Shifter é uma publicação diferente. Se gostas do que fazemos subscreve a partir de 2€ e contribui para que tanto tu como quem não pode fazê-lo tenha acesso a conteúdo de qualidade e profundidade.

O teu contributo faz toda a diferença. Sabe mais aqui.

O mapa de um conflito territorial que causou uma baixa na final da Liga Europa

Disputou-se esta semana a final da Liga Europa entre o Arsenal e o Chelsea. Os clubes jogaram em Baku, capital do Azerbaijão, e Henrikh Mkhitaryan, jogador do Arsenal e de nacionalidade arménia, acabou por não participar na final da competição. Na base da decisão esteve o conflito que separa os dois países há décadas e que levou o jogador a considerar não ter condições de segurança para se deslocar até ao Azerbeijão.

A Arménia e o Azerbaijão partilham uma história de inimizade ditada por motivos políticos. A razão está na disputa de um território reclamado por ambos os países e chamado de Nagorno-Karabakh. Com a queda da URSS, a autoridade sobre a região foi questionada por arménios e azerbaijanos que, perante um desacordo, iniciaram uma guerra.

CC BY-SA 4.0 Achemish via Wikipédia

O início do conflito remonta ao final da Primeira Guerra Mundial, quando Estaline decretou que o território de Nagorno-Karabakh passaria a fazer parte do Azerbaijão, país recém-criado após a queda do Império Otomano. Os anos seguintes foram vividos sob ordens da então URSS.

O conflito iniciou-se em 1988 e prolongou-se até 1994 com a vitória da Arménia. Apesar de o território se proclamar independente, ele não é reconhecido por nenhum Estado no mundo. Os desentendimentos, além de políticos, têm também motivação religiosa. Nagorno-Karabakh é um território povoado por maioria étnica arménia cristã. Já os azerbaijanos são maioritariamente muçulmanos.

Apesar do cessar fogo em 1994, o conflito continua. Não foi assinado nenhum tratado de paz e os países mantêm relações problemáticas desde então. Em 2016, a Guerra dos Quatro Dias, disputada entre 1 e 5 de abril, foi considerado o pior momento desde 1994. Estima-se que tenham morrido mais de 300 pessoas.

O conflito político chegou agora ao mundo do futebol. No entanto, a querela entre os países já foi extrapolada para outras competições mundiais. Em 2012, a Arménia recusou participar no Festival Eurovisão da Canção quando este foi sediado em Baku. Quatro anos depois, em 2016 e no mesmo programa, a concorrente arménia transportou consigo para a arena de Estocolmo a bandeira de Nagorno-Karabakh, que estaria na lista de bandeiras proibidas na Eurovisão pelo seu peso político.

 

Índice

  • Gabriel Ribeiro

    Licenciado em Ciências da Comunicação e sempre com a câmara na mochila. Acredito que todos os locais e pessoas têm “aquela” história. Impulsionador da cultura portuguesa a tempo inteiro.

Subscreve a newsletter e acompanha o que publicamos.

Eu concordo com os Termos & Condições *

Apoia o jornalismo e a reflexão a partir de 2€ e ajuda-nos a manter livres de publicidade e paywall.

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt