Sê um astronauta e navega pelo YouTube por explorar

Sê um astronauta e navega pelo YouTube por explorar

Andrew Wong e James Thompson criaram um algoritmo que pesquisa vídeos com títulos a começar por “IMG” ou “MOV” e praticamente sem visualizações, e vai compilando-os numa espécie de playlist sem fim.

Não é a primeira vez que por aqui falamos de algoritmos e da forma como influenciam o acesso e visualizações aos conteúdos online. No YouTube isso é paradigmático: os seus algoritmos de recomendação são capazes de criar bolhas em torno de determinados interesses que os utilizadores tenham, o que pode ter consequências graves e, até há meia dúzia de anos, inimagináveis do ponto de vista da polarização das sociedades.

No mesmo site onde inúmeros vídeos são carregados diariamente por youtubers profissionalizados e que atingem números de visualizações absurdos, há um universo paralelo de vários vídeos que praticamente não chegam a ninguém. Têm títulos como “DSC 1234” ou “IMG 4321”, e chegam ao YouTube sem qualquer edição. Astronaut.io é um site que te leva por esse lado mais obscuro do maior site de vídeos do mundo.

Quando acedes ao site, vais ver esta mensagem: “Hoje, és um astronauta. Estás a flutuar no espaço interior 160 quilómetros milhas acima da superfície da Terra. Espreitas através da janela e é isto que vês. Estás a observar as pessoas. São momentos fugazes. Estes vídeos são do YouTube.”

O site reúne conteúdo recente (sempre da semana passada) mas não é novo. Foi criado por dois criativos apaixonados por tecnologia, segundo um artigo da Wired publicado em 2017. Andrew Wong e James Thompson criaram um algoritmo que pesquisa vídeos com títulos a começar por “IMG” ou “MOV” e praticamente sem visualizações, e vai compilando-os numa espécie de playlist sem fim.

O Astronaut.io leva-te assim numa viagem por momentos não editados e reais da humanidade através de vídeos carregados nesse tal universo paralelo do YouTube. Não precisas de fazer nada no site; apenas abrir-lo e desfrutar do que ele te vai dar – vídeo atrás de vídeo, alguns intercalados, numa transmissão hipnotizante de conteúdo pouco visto no YouTube.

Se chegaste até ao fim, esta mensagem é para ti

Num ambiente mediático que, por vezes, é demasiado rápido e confuso, o Shifter é uma publicação diferente e que se atreve a ir mais devagar, incentivando a reflexões profundas sobre o mundo à nossa volta.

Contudo, manter uma projecto como este exige recursos significativos. E actualmente as subscrições cobrem apenas uma pequena parte dos custos. Portanto, se gostaste do artigo que acabaste de ler, considera subscrever.

Ajuda-nos a continuar a promover o pensamento crítico e a expandir horizontes. Subscreve o Shifter e contribui para uma visão mais ampla e informada do mundo.

Índice

  • Shifter

    O Shifter é uma revista comunitária de pensamento interseccional. O Shifter é uma revista de reflexão e crítica sobre tecnologia, sociedade e cultura, criada em comunidade e apoiada por quem a lê.

Subscreve a newsletter e acompanha o que publicamos.

Eu concordo com os Termos & Condições *

Apoia o jornalismo e a reflexão a partir de 2€ e ajuda-nos a manter livres de publicidade e paywall.

Preenche as informações abaixo para garantires a tua presença no Workshop sobre I.A. e podermos adequar os conteúdos ao público presente.

No decorrer desta atividade, poderão ser captadas imagens e som para divulgação pela CML, entidade parceira ou promotora, nos respetivos meios de comunicação, como redes sociais e sites institucionais.

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt