Telegram quer pôr-te a falar com quem está perto de ti

Telegram quer pôr-te a falar com quem está perto de ti

Sabes aquele momento em que conheces alguém e queres ficar com o contacto dessa pessoa? Bem, o Telegram tem uma solução simples e prática para esse processo.

Trocar contactos com alguém que acabaste de conhecer nem sempre é a tarefa mais fluída. Sim, podes abrir a aplicação de contactos do teu telemóvel e adicionar o número e nome da outra pessoa; ou dar-lhe um toque. Mas às vezes querem é ficar com o contacto um do outro para poderem falar no Messenger, WhatsApp ou Telegram, por exemplo.

O Messenger, do Facebook, tem aquela ideia do código QR que serve de ID pessoal: basta digitalizares o código da outra pessoa e… bam! ficas com o contacto dela. Em alternativa, podes pesquisar o respectivo nome na app mas, desta forma, podem aparecer-te várias pessoas com o nome igual. Já o WhatsApp, também do Facebook, não te permite adicionar um novo contacto através da aplicação; tens de ir à lista do teu telefone, adicionar o nome e o número da pessoa e depois reabrir o WhatsApp.

Agora foi a vez do Telegram, eterno concorrente, apresentar a sua versão alternativa. Só tens de estar perto da outra pessoa e ambos com a respectiva aplicação aberta na opção “Add People Nearby”, que podem encontrar na secção Contactos. Vai aparecer-vos o nome um do outro, basta clicar, adicionar e começar a falar!

“Esta funcionalidade é especialmente útil quando várias pessoas se encontram para fazer a dança toma-o-meu-número”, lê-se no blogue do Telegram. De notar que a opção “Add People Nearby” não é um perigo de privacidade, uma vez que os contactos só aparecem listados se as pessoas estiverem próximas e com a janela aberta no seu telemóvel.

A possibilidade de adicionar pessoas que estejam perto desta forma tão simples é apenas uma das novidades que o Telegram está a introduzir na actualização 5.8, disponível para iOS e Android. O Telegram está a tirar partido da nossa geolocalização noutra vertente: Os chats locais. Agora é possível criar um grupo no Telegram para a tua cidade, bairro, escola, evento, loja, etc. As pessoas que quiserem encontrar esses grupos só precisam de ir à secção “Add People Nearby”; aí vão encontrar uma lista dos chats já criados e podem criar um novo.

Os grupos locais são uma novidade ainda recente do Telegram, mas numa experiência rápida na nossa aplicação – estamos em Lisboa – encontrámos dois grupos com o nome da capital portuguesa, um grupo criado por alguém na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e um grupo também do Sport Lisboa e Benfica, que algum adepto terá criado.

Estas duas actualizações do Telegram aproximam um pouco mais os mundos digital e físico; e, de facto, existem oportunidades ainda por explorar neste campo. Mas há mais novidades na versão 5.8 que podes conhecer em detalhe no blogue da aplicação, como a possibilidade de transferir o ownership de grupos para outro utilizador ou uma melhor forma para gerir as notificações que queremos ou não receber de cada pessoa.

Se chegaste até ao fim, esta mensagem é para ti

Num ambiente mediático que, por vezes, é demasiado rápido e confuso, o Shifter é uma publicação diferente e que se atreve a ir mais devagar, incentivando a reflexões profundas sobre o mundo à nossa volta.

Contudo, manter uma projecto como este exige recursos significativos. E actualmente as subscrições cobrem apenas uma pequena parte dos custos. Portanto, se gostaste do artigo que acabaste de ler, considera subscrever.

Ajuda-nos a continuar a promover o pensamento crítico e a expandir horizontes. Subscreve o Shifter e contribui para uma visão mais ampla e informada do mundo.

Índice

  • Shifter

    O Shifter é uma revista comunitária de pensamento interseccional. O Shifter é uma revista de reflexão e crítica sobre tecnologia, sociedade e cultura, criada em comunidade e apoiada por quem a lê.

Subscreve a newsletter e acompanha o que publicamos.

Eu concordo com os Termos & Condições *

Apoia o jornalismo e a reflexão a partir de 2€ e ajuda-nos a manter livres de publicidade e paywall.

Preenche as informações abaixo para garantires a tua presença no Workshop sobre I.A. e podermos adequar os conteúdos ao público presente.

No decorrer desta atividade, poderão ser captadas imagens e som para divulgação pela CML, entidade parceira ou promotora, nos respetivos meios de comunicação, como redes sociais e sites institucionais.

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt