Opinião

Há muito mais acerca de um Bairro Social do que a sua vista 

Há muito mais acerca de um Bairro Social do que a sua vista 

Como alguém que viveu em grande proximidade a um bairro social, onde a vista também era um dos principais pontos fortes (é verdade, lá em Setúbal tanto o Viso como a Bela Vista estão em zonas altamente cénicas), senti que devia fazer uma listagem de todas as desvantagens vívidas que fui aprendendo a reconhecer num bairro do género, a partir da minha própria experiência pessoal.

‘Tou só a ver: pseudociência, redes sociais e democracia

Uma das características mais absurdas, e portanto divertidas, e portanto difíceis de desmontar do populismo é o seu sentido desbragado de dizer com confiança o que outros, os sensatos, nem em sonhos ousariam pensar. É uma pesca de arrasto em rede fina, leva tudo adiante. Uns discordam de peito feito (nas redes sociais a democracia liberal jamais morreria), outros apoiam ou divulgam acriticamente (nas redes sociais a democracia liberal vai morrer), outros, a maioria, fica só a ver.

Como fazer um livro de forma independente

O meu nome é Alex Couto e quis o destino que tivesse um pequeno livro cor-de-rosa a bater bem mais do que esperava. Nova Lisboa. Não creio que tenha mudado a minha vida, mas ajudou-me a ficar mais seguro das minhas opções editoriais para o futuro.

Independente q.b. 

O que é, afinal, um órgão de comunicação social independente, como se legitima a sua reivindicação, como se comprova a sua validade? Existe uma escala, um critério, ou um formulário? O que têm em comum, por exemplo, o Fumaça e o Jornal Económico? E porque ambos reclamam, com as suas nuances, a mesma independência? 

O Homem e o Resto

A conservação de ecossistemas, sustentabilidade do nosso desenvolvimento e tratamento ético de outras espécies estão entre os inúmeros temas que pedem consideração na tomada de decisões sobre o futuro da Humanidade. Ao estabelecer um código de valores e curso de ação universais, como selecionar e priorizar as causas que legitimamente merecem o foco social e político?

Avante, mas com calma

Não tenho quaisquer dúvidas sobre a capacidade de disciplina do PCP no cumprimento escrupuloso das orientações técnicas que forem emanadas pela DGS a propósito deste evento. Mas mesmo na hipótese de uma festa sem mácula, o risco da sua convocação é inegável.

O papel da academia na normalização do Chega

O apoio da academia ao Chega de André Ventura pode significar o estado último de institucionalização de um partido de extrema-direita na nossa democracia. Assim, pergunto: onde está a esquerda no meio disto tudo?

A Uber já perdeu 23 mil milhões de dólares… Então e o “sucesso”?

Fundamentalmente, o caso da Uber recorda-nos a importância de ter dinheiro não só para gerir como para gastar. Ano após ano a empresa continua a registar perdas mas a somar clientes, serviços e parceiros, o que dentro de alguns anos pode, em tese, significar um retorno do investimento.

Camisolas de equipas de futebol e uma barreira no Atlântico

As camisolas de equipas de futebol são parte importante do vestuário no Brasil. Com esse cenário e guarda-roupa, cheguei a Lisboa, e foi um choque. Logo percebi que quase ninguém, além dos brasileiros, utilizavam camisolas de equipas.

Manifestações em tempo de pandemia: entre o conformismo e a desobediência

Se é verdade que pode existir uma luta moral individual em cada um de nós, tendo em conta estarmos perante uma pandemia, devemos ter em consideração o facto de diversos países estarem a aproveitar o contexto gerado por essa mesma pandemia para reforçar os poderes de um líder único e em despir as minorias de direitos e liberdades. A um nível mais profundo, devemos questionar-nos sobre o papel da desobediência civil num quadro de pandemia.

Foi a cidade que atropelou a Ana?

Ana Oliveira, uma rapariga de 16 anos, basquetebolista do Sporting, atravessava de bicicleta e com sinal verde uma avenida de 4 vias de trânsito, tendo sido apanhada por um automóvel que desrespeitou o sinal vermelho.

Kanye 2020: a redenção de West ou a encenação de Ye

Se o tweet anunciando a sua candidatura significa objectivamente quase nada – na medida em que provavelmente Kanye West nem vai a tempo de conseguir um lugar na corrida de 2020 –, a verdade é que a sua estratégia o colocou nas bocas do mundo.

Contra um preconceito, preconceito e meio?

A doença mental não é simples; não é simples de detectar, não é simples de compreender e muito menos é simples de representar, mas essa dificuldade não pode ser eliminada por uma espécie de domesticação gráfica de um cenário dantesco.

Mais Destemidas, menos Desavergonhados

O episódio que “choca o país”, as “várias” queixas na ERC, foram como que personagens para uma história mobilizadora na inversa razão da sua relevância num país democrático e laico.

Vim, vi e VINCI?

Bem-vindos a bordo. Esta viagem levar-nos-á a descobrir o império Vinci, a multinacional que detém – e que pretende expandir – os aeroportos portugueses. Os sacos para vomitar encontram-se sob os assentos.

Prioridades de Segurança Pública

Urge questionar numa dimensão lata e global, o que é a segurança pública, como se define, como se caracteriza, com que critérios. Só este questionamento sério, persistente e sem fantasmas, nos permitirá nortear uma luta que, com certeza, terá sempre mais vítimas que arguidos, pelo seu carácter sistémico, sem forjar divisionismos.

‘Starz’: o caminho de Yung Lean para se encontrar a si próprio

De uma maneira geral, ‘Starz’ acaba por ser uma mistura de todos os elementos que Lean usou ao longo da sua curta carreira – está repleto de decisões bastante arriscadas e de ideias musicais muito interessantes que por vezes, acabam por funcionar mal.

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt