Pub / Parceria

Família de Mac Miller anuncia disco póstumo do rapper

Sobre o disco, pouco mais se sabe, para além de que será num estilo diferente e complementar de Circles, o trabalho anterior. Rapper faleceu a 7 de Setembro de 2018.
2 minutos de leitura

Foi numa mensagem na conta de Instagram do rapper Mac Miller – Malcolm James McCormick – que a sua família fez o anúncio: dia 17 de Janeiro sairá um disco póstumo. Intitulado Circles, o disco sucedâneo de Swimming é, segundo a família, a peça que falta no puzzle conceptual idealizado pelo artista – a ideia traduz-se em algo como “Swimming in Circles”, nadar em círculos.

Numa mensagem escrita sob um fundo branco e sem qualquer adereço gráfico, a família revela a difícil sensação de ter de escrever esse texto jovem artista, acrescentando que não sabia muito bem como o fazer de forma a respeitar aquilo de que deve ser mantido sagrado depois da sua morte; mas, diz, o sentimento de dever era mais forte, pois Malcom quereria que as pessoas ouvissem este seu trabalho.

Na mesma mensagem, a família agradece ao músico e compositor John Brion, responsável pela finalização do trabalho, em sequência do que tinha sido feito por Mac Miller e das conversas que os dois tiveram sobre o disco. John Brion e Mac Miller estavam a meio do processo de gravação do disco quando o artista falecera.

Sobre o disco, pouco mais se sabe, para além de que será num estilo diferente e complementar de Circles. Mac Miller foi um artista sempre transparente na sua discografia. Nos últimos registos, vinha abordando com cada vez mais clareza os seus estados emocionais. Em função do que hoje se sabe ser o conceito dos dois discos, espera-se um registo honesto com uma carga ainda maior depois do falecimento do rapper a 7 de Setembro de 2018.

As restantes informações sobre o disco serão comunicadas na conta de Instagram @92tilinfinity.

Partilha nas redes sociais:
  • O Shifter é uma revista comunitária de pensamento interseccional. O Shifter é uma revista de reflexão e crítica sobre tecnologia, sociedade e cultura, criada em comunidade e apoiada por quem a lê.

Sugestões de Leitura

Estamos a criar uma revista de reflexão e crítica sobre tecnologia, sociedade e cultura.

Uma revista criada em comunidade e apoiada por quem a lê.

Queremos fazer do Shifter um espaço de publicação para pensamento colectivo e comunitário, aberto a sugestões e diálogos. Um ponto de encontro entre diferentes actores da sociedade, da academia ao activismo, da cultura à política.

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt