Twitter disponibiliza os seus emojis gratuitamente, em código aberto

Podes descarregá-los em PNG ou SVG e utilizá-los para o que bem entenderes.

Se no iOS a vasta maioria dos utilizadores recebe a última actualiação do sistema operativo, no Android o cenário é diferente. Sem a última versão, os utilizadores Android podem não ver alguns dos emojis mais recentes, pelo que quando alguém tweeta um desses desenhos nem todos os receptores vão conseguir entender a mensagem em pleno.

Para resolver esse problema, o Twitter criou a sua própria versão dos emojis da Unicode e disponibilizou-os em código aberto. Designers e não só podem descarregar gratuitamente mais de 2,6 mil emojis em PNG ou SVG (formato vectorial) e usá-los para qualquer propósito, comercial ou não.

Os emojis do Twitter – que são os que aparecem na aplicação e no site da rede social, bem como na plataforma TweetDeck – estão disponíveis num site chamado Twemoji e no GitHub.

Segundo dados recolhidos pela Emojipedia, apenas 6% dos utilizadores Android têm a versão Oreo instalada, a última actualização do sistema operativo da Google antes da chegada do Android P no final deste ano. Além disso, mais de um terço dos smartphones Android têm uma versão de 2014 ou antes.

Apesar dos esforços da Google para levar o Android mais recente a mais pessoas, continuam a existir muitos telemóveis que não podem ser actualizados para o Oreo por limitações do hardware ou desinvestimento das fabricantes que controlam a distribuição das actualizações. Há também quem simplesmente não actualize os seus equipamentos por preguiça ou puro desconhecimento.

Sem a última versão do Android (ou sem outro tipo de actualização disponibilizado pelos fabricantes), os emojis mais recentes não chegam aos teclados de vários utilizadores, pelo que estes irão ver rectângulos com uma cruz sempre que alguém lhes envia uma mensagem ou tweet com um desses emojis.