iOS 12, macOS Mojave e tudo o resto que a Apple anunciou no WWDC

Os novos sistemas operativos vão estar disponíveis a partir de final de Junho em beta e serão lançados oficialmente depois do Verão.

Apple WWDC
Foto via Apple

A semana arrancou com novidades da Apple na tradicional conferência de abertura do WWDC, o evento anual da tecnológica para programadores, que se realiza em São Francisco. Como já seria de esperar, o software foi o foco da keynote, tendo sido apresentados os novos iOS 12 e macOS 10.14 (que se chamará Mojave), bem como novos sistemas operativos para o Apple Watch e para a Apple TV, e uma redesenhada Mac App Store.

iOS 12: o fim dos bugs?

Apresentado há um ano e lançado em Setembro, o iOS 11 ficou anormalmente marcado por bugs, falhas de segurança e problemas de performance. Desde a chegada da versão 11.0, a Apple lançou 14 actualizações de software para resolver 67 bugs, um aumento de 46% relativamente aos 46 problemas que foram precisos resolver no iOS 10 um ano antes, de acordo com dados recolhidos pelo Wall Street Journal. O iOS 12 é, portanto, sobretudo uma actualização de estabilidade e será compatível com os mesmos equipamentos que receberam o iOS 11.

Mais rapidez

A performance é uma funcionalidade no novo iOS 12. A Apple diz que a Câmara vai abrir 70% mais rápido, que o teclado vai aparecer 50% mais rápido e que, “mesmo quando muita coisa está a acontecer no sistema, as apps conseguem abrir duas vezes mais rápido”. Estes melhoramentos no iOS 12 deverão ser sentidos não só nos equipamentos mais antigos, como o iPhone 5S e o iPad Air, mas também no recente iPhone X.

Atalhos da Siri

Shortcuts é uma nova app no iOS 12 que funcionará directamente com a assistente pessoal Siri e que te permitirá escolher de entre dezenas de atalhos pré-definidos aqueles que queres utilizar. Uma espécie de IFTTT no teu iPhone ou, se pensarmos dentro do ecossistema Apple, uma versão móvel do clássico Automator. Por exemplo, poderás adicionar à Siri um atalho para automaticamente partilhar o teu trajecto para casa com a tua parceira ou para, sem demoras, enviar um screenshot para uma pasta na nuvem. As apps de terceiros poderão criar integrações com o Shortcuts graças a uma nova API.

Estes Shortcuts não funcionam apenas na app. A Siri vai aprender as tuas rotinas diárias e sugerir atalhos que te sejam convenientes. Por exemplo, se costumas apanhar um café antes do trabalho, a Siri poderá numa próxima vez sugerir no lock screen do teu iPhone que peças esse café sem abrir qualquer app. Ou, caso estejas atrasado para uma reunião que está no teu Calendar, a Siri poderá imediatamente sugerir-te enviares uma mensagem a avisar de que não vais chegar a tempo.

Uma régua em AR no teu iPhone

O Measure vai aparecer no teu iPhone e iPad assim que instalares o iOS 12. Trata-se de uma nova aplicação que usa o ARKit, a framework da Apple para realidade aumentada (AR), e que te permitirá medir coisas no mundo físico. Esta app-régua permite-te saber as dimensões de objectos rectangulares como quadros ou posteres, mas também te permite fazer medições na diagonal.

Passar menos tempo no iPhone/iPad

A questão do “tempo bem passado” tem estado na ordem do dia das tecnológicas, do Facebook à Google e agora também à Apple. Assim, com o iOS 12, terás ferramentas que te permitirão não ficar viciado no iPhone e iPad, despendendo o tempo certo com estes equipamentos. Podes definir o modo Do Not Disturb para ser activado (automaticamente ou não) numa altura do dia, num certo local ou até ao fim de uma reunião. Já quando for hora de dormir, o Do Not Disturb pode ajudar-te a descansar ao escurecer o ecrã e esconder todas as tuas notificações até de manhã.

O iOS 12 vai ainda mostrar-te num painel o tempo que passaste em cada app ou website, quantas notificações recebeste e que categorias de aplicações mais utilizaste. Podes definir limites de tempo para cada app e ainda definir momentos de “Downtime”, isto é, períodos do dia em que só as aplicações essenciais (leia-se: as mais importantes) estarão activas no teu telemóvel.

Notificações agrupadas

As notificações no iOS sempre foram uma confusão pelo simples facto de o sistema operativo não as agrupar. Contrariamente, no Android, notificações de uma mesma app ficam todas juntas, pelo que não ficas com um lock screen cheio de ruído. No iOS 12, a Apple vai resolver este problema das notificações que passarão a ser agrupadas por app.

E caso recebas notificações de uma app e não queiras receber mais, podes desligar esses alertas directamente no lock screen. Podes também silenciar a app para que as suas notificações apareçam apenas no Notification Center, não no lock screen.

iBooks será Apple Books; Apple News, Apple Photos Stocks e Voice Memos redesenhados

A Apple decidiu dar um novo nome ao iBooks. Será Apple Books no novo iOS 12 e permitirá descobrir e ler livros e audiolivros. Na Book Store, encontrarás novos títulos e poderás navegar pelos livros mais vendidos, ofertas especiais e colecções seleccionadas. O Apple Books será actualizado também no novo macOS.

Apple Books

Além do Apple Books, a tecnológica da maçã anunciou uma nova navegação para o Apple News, a sua aplicação de notícias que continuará disponível apenas nos Estados Unidos, Reino Unido e Austrália. A app Stocks também tem “cara lavada” e, além das movimentações da bolsa, passará a mostrar notícias relacionadas do Apple News. O Stocks vai passar a estar disponível no iPad juntamente com o Voice Memos – também redesenhado e agora com possibilidade de guardar as gravações áudio na nuvem (iCloud).

Apple News
Stocks
Voice Memos

Já o Apple Photos passará a contar com um novo separador chamado “For You”, onde poderás encontrar as tuas “memórias”, os álbuns que partilhaste através da nuvem (iCloud Shared Albuns), bem como sugestões de fotos para enviares a amigos através do Messages, tudo funcionalidades dispersas na anterior versão da aplicação. Outra novidade no Apple Photos é a pesquisa, que foi melhorada para que mais facilmente possas encontrar o que procuras, sejam memórias de um evento ou fotos que tiraste com um determinado amigo.

Apple Photos

Outras novidades

  • depois dos Animojis, os utilizadores do iPhone X vão passar a poder partilhar Memojis – uma espécie de emojis que podes criar baseados na tua cara. Vais poder escolher o estilo de cara que queres, o tipo de cabelo, a cor dos olhos, etc;
  • a câmara na app Messages vai permitir-te tirar fotos e enriquecê-las com filtros ou stickers em realidade aumentada (AR);
  • uma funcionalidade que estará disponível também no novo macOS: chamadas e videochamadas de grupo no FaceTime com até 32 pessoas. Os participantes podem ser adicionados à conversa no decurso desta e juntar-se tanto em áudio ou em vídeo. Uma (video)chamada de grupo no FaceTime pode ser iniciada a partir de uma mensagem de grupo no Messages.

macOS: modo escuro e outras novidades

A versão 10.14 do macOS vai chamar-se Mojave, nome de um deserto californiano, e vem com um conjunto de novidades. Além de um modo escuro, que promete fazer as delícias de muitos, o macOS Mojave apresenta uma nova forma de organizar o Desktop, traz para Mac quatro novas apps do iOS – o Apple News, o Stocks para consulta das novidades financeiras, o Voice Memos para rapidamente gravar áudio e o Home que ajuda a controlar a casa –, e tem uma nova Mac App Store.

Modo escuro

As aplicações nativas do macOS Mojave, como o Mail, o Messages e o Photos, vão ter um modo escuro. Vais poder escolher entre o modo “normal” e o modo escuro, mas também poderás activar um modo chamado “Dynamic Desktop” para que este modo escuro seja automaticamente activado de acordo com a hora do dia – o wallpaper que tens no Desktop também vai mudar para se ajustar à hora do dia (por exemplo, se está de noite no mundo real, ficará também de noite na montanha que aparece no fundo do teu Mac). Programadores vão poder integrar o modo escuro também nas suas apps através de uma API disponibilizada pela Apple.

Um Desktop mais organizado

O conceito de Stacks da Dock vai passar para o Desktop, permitindo-te ter o teu ambiente de trabalho mais organizado. Ficheiros do mesmo tipo (imagens, PDFs, folhas de cálculo, etc) vão poder ser empilhados uns em cima dos outros ou organizados por data. Já no resto do Finder existirá uma nova forma de ver ficheiros chamada Gallery View, útil para fotos e outros conteúdos multimédia, na qual podes ver informação metadata desses ficheiros e até fazer algumas edições rápidas, como rodar ou anotar – tudo isto sem abrir o Preview. Já no Quick Look ganhas acesso também a algumas ferramentas de edição: podes anotar em PDFs, recortar imagens, cortar áudio e vídeo, e partilhar o resultado pelo Mail, Messages ou AirDrop.

Novas apps

A Apple vai introduzir no Mac quatro apps do iOS – o Apple News, o Stocks, o Voice Memos e o Home. Estas aplicações foram adaptadas do ambiente mobile através de uma nova framework que a empresa vai disponibilizar, no final de 2019, aos programadores para que também possam trazer as suas apps do iOS para o macOS.

Apple News
Stocks
Voice Memos
Home

Uma Mac App Store redesenhada

No ano passado, a Apple redesenhou a App Store no iOS, este ano decidiu fazê-lo no macOS. No novo sistema operativo, a Mac App Store vai ter cara lavada e estará organizada em vários separadores: o “Discover” para apps novas e actualizadas; e as secções “Create”, “Work”, “Play” e “Develop” para encontrar recursos de determinados temas. A Apple anunciou ainda que aplicações da Microsoft, como a suite de produtividade Office, e da Adobe, como o editor de imagem Lightroom CC, vão passar a estar disponíveis na Mac App Store.

Mais segurança e outras novidades

  • inspirado no iOS, o macOS Mojave vai permitir-te fazer screenshots através de um único atalho que te dá todas as opções: screenshot do ecrã inteiro, só de uma janela ou de uma selecção, gravar o ecrã inteiro ou só uma parte. Os screenshots aparecerão depois no canto do ecrã e poderás editá-los imediatamente;
  • se tiveres um iPhone ou iPad por perto, podes usar a sua câmara para tirar uma foto ou digitalizar um documento e esse ficheiro aparecerá instantaneamente no teu Mac;
  • o Safari trará uma nova opção chamada “Intelligent Tracking Prevention” que não permitirá que uma plataforma como o Facebook te siga para toda a web, bloqueando elementos como o o botão de gosto ou a caixa de comentários em sites exteriores à rede social.

watchOS 5 e tvOS 12

A Apple aproveitou o WWDC para apresentar ainda o watchOS 5, o novo sistema operativo para o Apple Watch, e o tvOS 12, a actualização baseada no iOS 12 para a Apple TV 4K e para a Apple TV 4ª Geração. À semelhança do iOS 12 e o macOS Mojave, o watchOS 5 e o tvOS 12 chegarão no próximo Outono. Contudo, para o iOS 12 e macOS Mojave existirão versões beta disponíveis publicamente no final deste mês de Junho, que poderás instalar no teu iPhone, iPad e/ou Mac.

O WWDC 2018 foi exclusivamente sobre software. Novidades de hardware ficarão para depois.