Spark: provavelmente a melhor aplicação de e-mail do mundo

Como todas as coisas boas, a aplicação desenvolvida pela Readdle tem um downside, há muito apontado por alguns internautas.

Comecei pela versão web do Gmail, onde reunia as diferentes contas de e-mail que tinha, incluindo a do Hotmail e a do meu primeiro emprego. Depois mudei-me para a aplicação de e-mail que vinha pré-instalada no Mac e, no trabalho, como tinha Windows usava o Outlook. Mais tarde andei pelo AirMail mas foi no Spark que assentei.

O Spark é “provavelmente a melhor app de e-mail do mundo”tal como a Carlsberg. Apesar de só estar disponível para macOS e iOS (há uma versão Android a caminho), o Spark tem várias coisas de que gosto e que me fazem usá-lo há um ou dois anos consecutivos:

  • A sincronização. Uma das lacunas da app Mail da Apple e de outras similares era não dar para configurar todas as contas de e-mail de uma vez só e tê-las activas em todos os equipamentos (telemóvel, outros computadores, etc). O Spark permite-o. Basta colocar todas as contas de e-mail num Mac que o software sincroniza-as com outros dispositivos;
  • A Smart Inbox. Em vez de ter uma caixa de entrada organizada cronologicamente com os e-mails recebidos recentemente, a Smart Inbox mostra o que não vi mas previamente triado; tudo o que é newsletters ou notificações está numa secção, as mensagens que marquei como importantes no topo e o correio já lido em baixo.
  • O agendamento de e-mails. Escreveste um e-mail às 23 horas mas queres enviar na manhã do dia seguinte quando ainda estiveres a dormir ou a caminho do escritório? O Spark permite agendar e-mails. É só  definir o dia e hora e clicar no botão do costume. No dia e à hora marcada, o e-mail será enviado mesmo que o Spark não esteja aberto no teu computador ou mesmo que os teus equipamentos estejam todos desligados.

Estas são as funcionalidades de destaque no Spark e que me convenceram a adoptar esta aplicação como o meu cliente de e-mail preferido. O design da aplicação também é actual e um atractivo considerável. A juntar a estes argumentos, a versão 2.0 do Spark para macOS e iOS vem agora com três novos trunfos que parecem igualmente promissores.

A primeira delas é a possibilidade de partilhar rapidamente um e-mail que recebemos através de um link que o Spark cria para essa mensagem – Esse e-mail passa a ser acessível por qualquer pessoa que tenha o link.

A segunda e a terceira seguem a lógica da colaboração. Da mesma forma que em equipa podes colaborar através do Google Docs, por exemplo, agora podes escrever um e-mail com os teus colegas de trabalho usando o Spark – ideal para um daqueles e-mails importantes ou uma mensagem em que gostavas de ter uma segunda opinião antes de enviar. Para teres a tua equipa no Spark, só tens de criar uma nas definições – podes inclusive definir que todas as pessoas com um endereço de e-mail da tua empresa sejam automaticamente adicionada a essa equipa.

Da mesma forma que podes escrever e-mails em equipa, podes com o Spark comentá-los em tempo real e como se de um chat se tratasse.

Outra novidade nesta versão 2.0 do Spark é a integração com calendário. Agora podes ter as tuas caixas de e-mail e os teus eventos de calendário numa só aplicação.

Para mais detalhes sobre o Spark, vai ao site oficial. A aplicação é gratuita para macOS e iOS.

Como todas as coisas boas, a aplicação desenvolvida pela Readdle tem um downside, há muito apontado por alguns internautas. As suas funcionalidades, nomeadamente ao nível da sincronização, exigem o armazenamento das credenciais e dos e-mails em servidores da empresa que, apesar de garantir a encriptação de todos os dados, não se livra das críticas de alguns internautas mais preocupados com a privacidade dos seus dados. Os termos e condições da aplicação podem e devem ser consultados aqui.