Nobel da Literatura foi suspenso e só volta em 2019

E se o prémio Nobel da Literatura de 2018 só for entregue no ano seguinte?

Há 69 que a prestigiada Academia Sueca não suspendia a entrega do Prémio Nobel da Literatura. Aconteceu esta sexta-feira por suspeitas de escândalos sexuais que pairam sobre pessoas próximas da organização.

E se o prémio Nobel da literatura de 2018 só fosse entregue no ano seguinte? Sim, estás a ler bem. A atribuição do prémio foi suspensa pela Academia Sueca devido a alegados abusos sexuais praticados pelo marido de um antigo membro da Academia Sueca, a poetisa Katarina Frostenson, que já terão feito com que alguns dos membros renunciassem à pertença na Academia. Os advogados estão a investigar 18 queixas contra Jean-Claude Anault, marido de Katarina, uma grande figura cultural na Suécia.

Devido a estas polémicas que já fizeram com que 7 dos 18 membros do comité abandonassem o painel, a Academia entendeu não haver condições para eleger um vencedor. Como tal, Anders Olsson, secretário permanente da Academia Sueca, viu-se na obrigação de fazer uma declaração: “Achamos necessário dar tempo para recuperar a confiança pública na Academia antes que o próximo laureado poder ser anunciado.” Em comunicado, a Fundação Nobel já afirmou que concorda com a decisão da Academia sueca.

Pode ler o comunicado na íntegra aqui:

Desde 1949 que a Academia não adiava a entrega do prestigioso prémio, uma situação que nunca tinha acontecido em tempos de paz global como o que actualmente atravessamos. Em 2017, o Nobel da Literatura foi atribuído ao japonês Kazuo Ishiguro.