12 invenções que prometem tornar o mundo um local melhor

Uma distinção criada pela Fast Company, uma revista que quis destacar as melhores ideias do mundo em áreas que vão da tecnologia ao design.

A Fast Company realizou no passado mês de Abril a segunda edição dos prémios “Ideias que mudam o mundo”, dos 1400 participantes elegeu 12 vencedores.

Fast Company; Fast quem?!

Fundada em Novembro de 1995 por Alan Webber e Bill Taylor, a Fast Company é uma revista de negócios norte-americana publicada 8 vezes por ano em versão online ou impressa. Foca-se naturalmente em negócios, mas também dedica grande parte dos seus temas à tecnologia e ao design. Para se ter a consciência da sua dimensão, em 2000 foi vendida à Gruner + Jahr por 550 milhões.

Sob as ordens do editor chefe Robert Safian, a Fast Company foi nomeada pela American Society of Magazine Editors a revista do ano em 2014. Atualmente opera um número de franchises como a “Most Innnovative Companies“, “World Changing Ideas“, “Innovation by design” e “Most Creative People“.

World Changing Ideas Awards

Em 2017, a Fast Company criou este prémio com o objectivo de contemplar as melhores ideias que podem tornar o mundo um local melhor. No passado mês de Abril a segunda edição dos prémios “Ideias que mudam o mundo”, que contou com 1400 inscrições – mais 400 registos que o ano passado – e 12 categorias, sendo que apenas 240 das ideias entraram na ronda final para, posteriormente, elegerem as 12 melhores. O painel de jurados contou com 25 nomes de diversas áreas onde estavam representados empresários tal como empreendedores. As categorias que estavam em avaliação, e os respectivos vencedores, foram:

Excelência Geral:

Empatico, Kind Foundation

Consiste numa plataforma digital gratuita para aprender através de videoconferências. Além disso, tem lições interativas desenhadas especialmente para conectar os estudantes de todo o mundo com o objetivo de criar empatia com pessoas de diferentes culturas. Podes saber mais aqui.

Publicidade:

The Humanium Metal Initiative, Great Works

Esta empresa sediada em Estocolmo, Suécia, tem como grande objectivo reutilizar as armas e criar um metal precioso. O seu target são os artistas que usem este conceito para organizações contra a violência ou contra a pobreza de onde essas armas são provenientes. Sabe mais aqui.

Apps:

Grey Matters, GreyMatters Care

(imagem)

A Grey Matters é um aplicação para o iPad onde cada membro da família pode descarregar fotos, vídeos ou músicas para familiares que têm Alzheimer ou demência. O objectivo é ajudar a aceder às memórias, mas também arranjar pessoas para auxiliar quem mais precisa e, aliviar o stress dos doentes. Sabe mais aqui.

Productos de consumo:

HelpUsGreen, Kanpur Flowercycling

Ankit Agarwal e Karan Rastogi colecionaram milhares de tons de flores e tornaram esse “desperdício” em incensos, sabões e embalagens ecológicas. Em vez de os rios ficarem poluídos, deram um “segundo uso” às flores e criaram esta ideia que permitiu gerar postos de trabalhos a mulheres que anteriormente tinham baixos rendimentos. Conhece melhor a sua história aqui.

Tecnologia para o mundo em desenvolvimento:

DigiFarm, Vodafone

É uma plataforma de agricultura para o telefone, cujo objectivo é chegar a pessoas com telemóveis menos sofisticados. Esta plataforma não só contém informação valiosa sobre agricultura, como também aborda a horticultura, e outras questões da área. Em 45 dias registaram 90 mil agricultores. Se quiseres saber mais sobre o que a DigiFarm tem para oferecer visita-os.

Energia:

ET-ONE, Thor Trucks

Esta empresa desenvolveu um camião eléctrico capaz de percorrer aproximadamente 483 quilómetros apenas com um carregamento. É capaz de carregar mais de 36 mil quilómetros e, o mais impressionante desta invenção, é a sua capacidade de carregar. Em apenas 90 minutos fica totalmente carregado e pronto para fazer mais 483 quilómetros. Para saber mais clica aqui.

Alimentação:

Joyn Bio, Gingko Bioworks and Bayer

Actualmente precisamos de uma grande quantidade de energia e, consequentemente, geramos uma quantidade enorme de poluição. Para resolver este problema, a Gingko Bioworks and Bayer criou uma linha de micro-organismos que viverão em harmonia com algumas plantas enquanto produzem nitrogénio para alimentar as suas raízes naturalmente. Se ficaste curioso, sabe mais aqui.

Saúde:

Lia, Lia Diagnostics

Lia é o primeiro teste de gravidez lavável e contém proteína, plantas e fibras biodegradáveis. Outra das características peculiares deste dispositivo é o facto de ser fino o suficiente para caber num envelope ou no bolso de umas calças. Sabe mais aqui:

Fotografia e Visualização:

Chasing Coral, Exposure Labs

Este documentário mostra como é a vida debaixo de água e de como os corais e a vida marinha são algo que devemos preservar. Contudo, também evidencia alguns efeitos das alterações climáticas. Prova disso são os branqueamentos dos corais, que anteriormente, só aconteciam num espaço de 25 a 30 anos. Nos dias de hoje, esse branqueamento ocorre a cada 5 ou 6 anos, e os corais precisam de 10 para recuperar. Ou seja, os corais estão a morrer devido à mudança do clima. Se ficaste com curiosidade de assistir a este documentário, podes encontra-lo na Netflix. Enquanto isso, sabe mais sobre este projecto aqui.

Estudantes:

Warm Wall, Lauren E. Lee

Esta invenção é destinada às mulheres com o período. A Warm Wall é uma parede curva que pode ser instalada nos WCs. Tem uma saliência que fica mais ou menos à altura dos rins das mulheres e foi criada para que as mulheres possam encostar-se a ela, de forma a encontrarem uma posição de conforto e alívio. Clica aqui para saberes mais.

Transportes:

Alice Commuter, Eviation

Daqui a 5 anos, e se por acaso estiveres nos Estados Unidos e quiseres viajar desde San Francisco até San Diego, vai ser possível faze-lo num avião eléctrico. O bilhete vai custar menos que uma viagem de carro, ou até mesmo que um bilhete de comboio. O seu primeiro voo comercial está previsto para 2021 e vai contar com centenas de rotas por todo o país. Se gostas de viajar, sabe mais aqui.

Design Urbano:

Los Angels ADU Project, Los Angels Innovation Team

Com as rendas a aumentar em Los Angels desde 2011, a cidade teve de ser forçada a encontrar uma nova solução. A Los Angels Innovation Team passou os últimos dois anos a trabalhar com uma família para perceber de que forma poderia criar um novo sistema de financiamento para ajudar as pessoas a conseguir empréstimos. Além disso, trabalhou para tentar tornar mais fácil a construção de quintais nas casas. Lê mais detalhadamente aqui.