“Em todos os países da Europa e em todas as profissões, as mulheres ganham menos do que os homens”

Estes e outros dados constam do estudo “Igualdade de Género ao Longo da Vida – Portugal no contexto europeu”, da Fundação Francisco Manuel dos Santos. O trabalho refere ainda que a desigualdade se prolonga pela vida fora, com saídas precoces do mercado de trabalho, pensões baixas e maior risco de pobreza.