Está a chegar a Granta em Língua Portuguesa, uma edição sem fronteiras

O primeiro número tem como tema Fronteiras

Depois de 10 edições bianuais da Granta Portugal, a revista literária volta a começar do zero. Nas próximas semanas é lançado o primeiro número da Granta em Língua Portuguesa, uma publicação onde o leitor poderá encontrar textos de autores portugueses e brasileiros. A alteração de definição “Portugal” para “Língua Portuguesa” trará maior riqueza de conteúdos e resultará na publicação nos dois lados do Atlântico. A estratégia da Tinta da China, editora da revista, parece ser muito clara: mais autores, mais leitores, maior sucesso.

Já falta pouco para a nova Granta em Língua Portuguesa — em simultâneo dos dois lados do Atlântico.[E ainda decorre a campanha de assinaturas: https://tinyurl.com/yd5nnqva]

Publicado por Granta em Língua Portuguesa em Segunda-feira, 7 de Maio de 2018

Para assinalar a primeira edição, a equipa liderada por Carlos Vaz Marques escolheu o tema “Fronteiras”. A ideia deste número passa por “questionar e esbater estas fronteiras”. Todavia as novidades não se ficam por aqui. Daniel Blaufuks, conceituado artista visual português, assume a direcção de imagem da revista, ficando a seu cargo a gestão de todos os componentes visuais da Granta – es

Nas 224 páginas do número I vai ser possível encontrar textos de José Eduardo Agualusa, Adriana Lisboa, Teresa Veiga, Han Kang, Francisco Bosco, entre outros. A capa ficou a cargo de André Carrilho, ilustrador que já concebeu outras edições na Granta Portugal.