Perguntar não ofende por isso Daniel Oliveira vai fazer todas as perguntas no seu novo podcast

Primeiro episódio está disponível a partir de hoje e será lançado um novo todas as semanas.

Há cada vez mais personalidades que nos habituámos a ver na televisão a criar canais próprios na internet. É o Rui Unas com o Maluco Beleza, o Luís Franco-Bastos e Pedro Teixeira Mota com o Erro Crasso, o Salvador Martinha com o Ar Livre… E agora o Daniel Oliveira com Perguntar Não Ofende, um podcast de conversas, “quase sempre sobre política, às vezes sobre coisas mais interessantes”.

Perguntar Não Ofende é um podcast semanal onde o comentador do Eixo do Mal (SIC Notícias) e do Sem Moderação (TSF/Canal Q) procurará ter conversas que sejam de interesse público e que permitam esmiuçar a actualidade. Ao site Espalha-Factos, Daniel Oliveira explica que o seu objectivo “não é entalar as pessoas”, mas sim “exibir o melhor da argumentação que a outra pessoa tem”. Procura o contraditório, fazer perguntas provocatórias e, acima de tudo, dar a oportunidade aos convidados de mostrar o que têm para dizer, saíndo “da cassete que já têm preparada”.

O podcast, que estará disponível no Mixcloud, iTunes e RSS, pode ser apoiado através do Patreon, plataforma que tem vindo a tornar-se um aliado dos criadores de conteúdos na monetização dos mesmos. As contribuições, de base mensal, podem começar em 1 euro, valor que dá acesso em primeira-mão os próximos convidados e aos bastidores do programa. Por 2 euros/mês, podes ouvir os novos episódios primeiro que toda a gente; e por 3 euros/mês, podes ter o nome nos créditos dos episódios. Ainda sem podcast lançado, Daniel Oliveira contava já com cerca de “30 patronos”.

Apesar de o Perguntar Não Ofende estar baseado no Patreon, os episódios serão de acesso livre e público. Serão conversas de cerca de uma hora de duração e gravadas “live on tape”, ou seja, sem cortes, como se fosse um directo. O primeiro episódio foi lançado esta quinta-feira, 3 de Maio, e conta com António Costa, Secretário-Geral do PS e actual Primeiro-Ministro.

O primeiro Perguntar Não Ofende pode ser ouvido de seguida:

Daniel Oliveira procura saber “se é possível desenvolver projectos independentes de forma minimamente sustentável”, estando curioso com a recepção que o público relativamente ao seu podcast. Para já coloca a meta no “minimamente sustentável”, porque sabe que o “mesmo sustentável” pode não ser para já.