As coisas que fazem um jovem mudar de vida para “pior”

Dan Mace tem acompanhado Casey Neistat e a sua história de vida é inspiradora para qualquer um.

dan mace Casey Neistat

Dan Mace tem acompanhado Casey Neistat desde que este decidiu relançar o seu vlog e aventurar-se na criação do 368, um estúdio em Nova Iorque onde youtubers e outros criadores de conteúdos vão poder encontrar apoio para os seus projectos. Desconhecido do público em geral, Dan vivia antes de se mudar para os Estados Unidos na Cidade do Cabo, na África do Sul. Aparece agora nos vídeos que Casey lança quase diariamente, ajudando-o na edição.

Se sobre Casey já muito sabemos, sobre Dan pouco nos foi dito – mesmo ao fim de uma dezena e tal de vlogs já lançados sobre o 368. Esta semana, o jovem filmmaker decidiu partilhar a sua história em 7 minutos e é um vídeo daqueles que valem mesmo a pena a ver:

Dan dá-nos uma lição, com base na sua vida. Explica que ninguém na família dava muito por ele, que não tinha muitos amigos e que isso o fez ser um auto-didacta em muitas áreas. Foi um jovem estúpido durante vários anos, mas decidiu largar os maus hábitos – beber, fumar, etc – quando percebeu que precisava de fazer alguma coisa pela vida. Tornou-se um realizador dos bons na área da publicidade, com um emprego estável na Cidade do Cabo. Bom dinheiro, boa casa, boa família, mas demasiado conforto.

 

Desafiado por Casey Neistat, decidiu mudar de vida – decisão que não foi compreendida por todos e que até podia ser vista como um “downgrade” de realizador de filmes publicitários para youtuber. Mas Dan diz que não foi uma oportunidade que agarrou mas uma decisão pela qual optou. Diz que quer ajudar a comunidade efervescente de youtubers e de criadores. É isso que vai ajudar Casey a fazer no 368, espaço que está em construção nos antigos escritórios da Beme, e que conta com a colaboração de outros amigos, como Sam Sheffer.

O vídeo de Dan Mace não compensa só pela história, mas sobretudo pela montagem – pela forma como a história é contada. Se quiseres continuar a acompanhar o trabalho do Dan, é subscrever o seu canal de YouTube. Quanto ao 368 e ao Casey, há vlogs diários por aqui.