Morreu o japonês Isao Takahata, do Studio Ghibli

Isao Takahata, co-fundador do Studio Ghibli, faleceu esta sexta-feira aos 82 anos.

Isao Takahata, realizador japonês que fundou o Studio Ghibli com Hayao Miyazaki, faleceu esta sexta-feira aos 82 anos. “[A sua morte] aconteceu, mas não podemos comentar mais pois estamos a confirmar alguns factos em torno da mesma”, disse um porta-voz do Studio Ghibli. Isao era especialmente conhecido pelo filme Grave of the Fireflies (1988).

Em comunicado, o estúdio confirmou que o realizador morreu na madrugada de quinta-feira, num hospital de Tóquio, onde tinha sido internado devido a um cancro do pulmão. A notícia, agora confirmada pelo Studio Ghibli, tinha sido avançada por vários meios de comunicação japoneses.

Nascido a 29 de Outubro de 1935, Isao Takahata iniciou a carreira nos estúdios de animação Toei em 1959. Foi lá que conheceu Hayao Miyazaki. Em 1985, Takahata e Miyazaki fundaram o estúdio de animação Ghibli, considerado o principal estúdio de animação japonesa do mundo.

The Tale of the Princess Kaguya, um dos trabalhos de Isao Takahata

Grave of the Fireflies, a história de dois irmãos que lutam para sobreviver no Japão durante a Segunda Guerra Mundial, é considerado a sua principal obra. Já The Tale of the Princess Kaguya, o seu último trabalho, que lhe valeuuma nomeação para os Óscares em 2014 como Melhor Filme de Animação  trata-se de uma adaptação de um conto popular datado do século X, considerado um dos textos fundadores da literatura nipónica.

Isao realizou também séries de sucesso, que passaram nas televisões de todo o mundo, incluindo em Portugal, como Heidi (1974) ou Marco (1976).