O novo serviço de DNS que promete acelerar a tua Internet e torná-la mais livre

Não só podes ficar com uma Internet mais rápida, como podes evitar que operadoras e governos "vigiem" o teu histórico de navegação.

Que raio é o DNS? A sigla significa Domain Name System e, explicado numa forma simples, é aquilo que faz a ligação entre o domínio de um site e o seu servidor, de forma a que quando escreves shifter.pt na barra do teu browser sejas direccionado para o site do Shifter. Tradicionalmente esta conexão é feita pela tua operadora através do seu DNS, pelo que se ela decidisse bloquear um site deixarias de lhe conseguir aceder pela via tradicional.

O OpenDNS e o Google DNS são duas alternativas ao serviço de DNS da tua operadora e podem ser utilizados para contornar este tipo de bloqueios de sites. Pode não ser tão útil em Portugal, onde a censura cibernética se aplica apenas a sites piratas, mas ajudou, por exemplo, os cidadãos turcos a contornarem o bloqueio do Twitter pelo Governo estatal, em 2014.

Para configurares o OpenDNS ou o Google DNS, só tens de ir às definições de rede no teu dispositivo, apagar os endereços DNS listados e adicionar os novos. O mesmo procedimento poderás fazer com o novo DNS da Cloudflare: 1.1.1.1.

Configuração do DNS da Cloudflare num computador macOS

O DNS é o primeiro serviço para consumidores da Cloudflare (que é sobretudo uma empresa de alojamento web) e foi lançado no dia 1 de Abril, apesar de “não ser uma piada”. A Cloudflare diz que o seu serviço de DNS – que é gratuito – é melhor que os outros por ser rápido e focado na privacidade dos utilizadores. Isso dizer que, ao usares o DNS da Cloudflare em vez do da tua operadora, a tua Internet pode ficar mais rápida. Para além disso evitas também que a tua operadora saiba que sites visitantes ou que esse histórico seja espiado por entidades governamentais.

O DNS da Cloudflare suporta o protocolo HTTP e o HTTPS, permitindo que os seus utilizadores naveguem em sites encriptados (como é o do Shifter).

Para justificar o argumento da velocidade, a Cloudflare diz ainda que o seu serviço tem um tempo de resposta de 14 milissegundos, comparados com os 20 milissegundos do OpenDNS e os 34 milissegundos do Google DNS. A Cloudflare diz que está a criar centros de dados por todo o mundo para reduzir a distância entre os utilizadores e o conteúdo, diminuindo, assim, a latência, para que no futuro o tempo de resposta seja de apenas 10 milissegundos.

O DNS da Cloudflare fica nos endereços 1.0.0.1 e 1.1.1.1 de IPv4; e 2606:4700:4700::1111 e 2606:4700:4700::1001 de IPv6.