RTP procura novas séries e ideias para o seu serviço de streaming RTP Play

A estação pública vai financiar os conteúdos seleccionados e dar-lhes uma plataforma de distribuição.

RTP séries
Gravações de Subsolo, uma das séries financiadas pela RTP

Depois de Amnésia#CasaDoCais, Subsolo e Appaixonados, a RTP está à procura de novas séries para passar no seu serviço de streaming RTP Play e também no YouTube. Através da marca RTP Lab, a estação pública abriu uma nova consulta de conteúdos (o prazo termina já dia 15 de Março) e está à procura sobretudo de ideias multi-plataforma.

O objectivo da RTP é, não só, encontrar novos projectos audiovisuais para financiar e integrar no portefólio de conteúdos digitais do grupo, mas também “promover um laboratório criativo e experimental através do desenvolvimento de conceitos de ficção e de humor que utilizem novas formas de narrativas baseadas em plataformas digitais”. Por exemplo, Amnésia tirou partido do Instagram Stories enquanto que em Appaixonados foi desenvolvida uma aplicação móvel semelhante ao Tinder, que permite ao espectador decidir o decurso da história.

O regulamento da consulta de conteúdos, com todos os requisitos e detalhes, vai ficar disponível aqui. A RTP procura ideias dentro dos géneros narrativos de ficção e humor, que “prevejam a interacção entre o espectador/ouvinte/utilizador e o conteúdo, que utilizem pelo menos duas plataformas distintas para contar a história (entre redes sociais, online, TV e rádio…) e que possam explorar tecnologias novas como a realidade virtual (VR).

Esta consulta de conteúdos para a RTP Lab está aberta a todas as pessoas com mais de 18 anos que sejam produtores independentes ou integrem empresas de media, agências de design, multimédia e jogos, ou universidades, institutos politécnicos ou estabelecimentos de ensino e formação. Para participar, é preciso entregar:

  • sinopse;
  • memória descritiva do projeto;
  • guiões piloto demonstrativos da estrutura narrativa;
  • descrição das plataformas tecnológicas;
  • plano de trabalhos e calendário;
  • protótipo do projeto narrativo, a considerar: trailer, animação digital, storyboards, wireframes);
  • nome do representante do projeto;
  • descrição da equipa de projeto, com a respetiva descrição de funções;
  • currículo dos membros da equipa;
  • orçamento.

O prazo já é curto, mas podes participar até às 12 horas do dia 15 de Março. “Após a análise dos projetos apresentados, a RTP fará uma pré-seleção, até 30 (trinta) projectos. Os proponentes pré-selecionados serão convocados durante o mês de Abril de 2018 para uma sessão de pitching/apresentação presencial, tendo em vista a escolha final dos projectos que se enquadrem nos objetivos da consulta”, lê-se no regulamento.