Antigo sicário de Pablo Escobar faz sucesso como youtuber

John Jairo Velásquez, também conhecido como Popeye, possui mais de 640 mil seguidores no Youtube.

pablo escobar

John Jairo Velásquez, mais conhecido como Popeye, foi condenado à prisão em 1989, acusado de participar no homicídio de Luís Carlos Galán, então candidato à Presidência da Colombia. Um dos sicários mais importantes de Pablo Escobar, afirma ser responsável pela morte de 3300 pessoas, crimes pelos quais nunca foi julgado.

Após cumprir 23 anos e três meses de pena, foi solto em 2014. A sua “carreira” como Youtuber iniciou-se 1 ano depois, em agosto de 2015, com uma entrevista sobre a fuga da prisão do traficante mexicano El Chapo. No canal Popeye Arrepentido, o antigo empregado de Pablo Escobar narra suas vivências como assassino, comenta temas políticos e responde aos seus seguidores, a quem chama de “guerreiras e guerreiros”. “Eu fiz o canal com o objectivo de relatar o meu dia a dia, como foi o meu processo de reincorporação na sociedade e o processo do verdadeiro arrependimento”, conta Popeye.

Um dos seus vídeos mais populares é “De bandido a bandido”, onde Popeye envia uma mensagem directamente a Diosdado Cabello, ex-presidente da Assembleia Nacional da Venezuela, criticando ainda o chavismo e o presidente Nicolás Maduro. “Eu paguei pelos meus crimes, você não pagou pelos mortos da revolução”, afirma o Youtuber no vídeo publicado em 15 de maio de 2016, com mais de 1,9 milhões de visualizações até à data.

Entre várias críticas, Popeye também lança farpas ao processo de reincorporação política da antiga guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia e a diversos políticos de esquerda na América Latina. Assumindo-se abertamente de direita, elogia ainda a eleição de Sebastián Piñera como presidente do Chile.

Mas não é só Pablo Escobar quem tem direito a filmes e série baseados na sua vida. O sucesso de John Jairo Velásquez, já chegou inclusive à televisão na Colômbia e à Netflix, através de uma série produzida pelo canal Caracol com base no seu livro Sobrevivendo a Pablo Escobar. A obra, de carácter autobiográfico, narra a vida de Popeye como um sobrevivente do Cartel de Medellín e a sua vida na prisão.