Novo iPad é quase “Pro” e mais barato para estudantes

A Apple apresentou esta terça-feira um novo iPad de 9,7 polegadas. A principal novidade é o suporte para Apple Pencil.

iPad Apple

A Apple apresentou esta terça-feira, numa conferência de imprensa direccionada à educação, um novo iPad de 9,7 polegadas. Tem o aspecto com o qual já estamos familiarizados, mas uma novidade: suporte para Apple Pen (vendida em separado). O tablet custa 369,00 euros em Portugal, mas se fores estudante podes tê-lo por 354,04 euros. A caneta fica a 99,00 euros ou, com desconto de estudante, a 88,56 euros. No total, podes pagar 468,00 ou 442,60 euros.

Já disponível na loja online da Apple, o novo iPad pode ser adquirido em prateado, dourado ou cinzento escuro, nas versões só com Wi-Fi ou com Wi-Fi e ligação 4G. Traz um processador A10 Fusion de quatro núcleos que promete ser rápido, suportar actividades mais pesadas como a edição de vídeo 4K ou jogos com gráficos sofisticados, e não perder potência quando são utilizadas duas apps lado a lado, em simultâneo.

A câmara traseira é de 8 megapixels e filma a 1080p HD, a bateria promete uma autonomia de 10 horas, e tem o sistema Touch ID para desbloquear o ecrã e fazer compras. O equipamento pesa menos de 500 gramas e tem uma espessura de 7,5 milímetros. Não há muito mais a acrescentar sobre este tablet, que é uma pequena actualização relativamente à geração anterior.

A principal novidade é mesmo o suporte para Apple Pen. A caneta da Apple pode agora ser utilizada para interagir com o tablet, incluindo nas aplicações da suite iWork – Pages, Keynote e Numbers –, que foram entretanto actualizadas. Assim, estudantes e outros utilizadores poderão desenhar em documentos de texto, apresentações e folhas de cálculo, ou usar a Apple Pen para navegar nas apps, mudar imagens de sítio, etc.

A Apple Pen custa 99 euros (e, mesmo os 88,56 euros são um custo elevado para estudantes), mas a Apple permite que o novo iPad seja compatível com outras canetas, como é o caso da Crayon, da Logitech, que chegará ao mercado norte-americano por 49 dólares.

Apesar de no iPhone X a Apple ter estreado um ecrã praticamente sem moldura, não o trouxe para este iPad. Poderá fazê-lo, quem sabe, nas próximas gerações do iPad Pro. Neste evento dedicado à educação, eram esperadas mais novidades além de um novo iPad, como um novo iPhone SE (que é o único iPhone de 4 polegadas à venda) ou um novo MacBook Air, mas nada de novo foi anunciado além do tablet de 9,7 polegadas.