Dude, Jeff Bridges quer uma sequela de The Big Lebowski

"The Dude will abide" se os irmãos Cohen também alinharem.

Foi há 19 anos que Jeff Lebowski se viu envolvido num pedido de resgate muito mal planeado, enviando-o para uma odisseia de drogas e dealers pelos cantos mais estranhos de Los Angeles.

Com o 20º aniversário a aproximar-se, o momento parece perfeito para uma sequela. O Spy Digital colocou recentemente a possibilidade de um The Big Lebowski 2 a Jeff Bridges, e ele foi tão dude como seria de esperar.

“Eu acho que será aquilo que os irmãos [os realizadores Coen] quiserem. Se eles querem fazer uma sequela, tenho certeza que seria fixe”, disse. “É um filme tão bom. Tem os irmãos Coen… E como tantos mestres de seu ofício, eles fazem parecer que eu estava apenas a dizer coisas à toa. Ele é apenas um stoner tolo. Mas por que é que as pessoas continuam a ver e a gostar do filme? Podes ver porquê nessas cenas.”

A restante parte da resposta merece não ser traduzida, uma vez que contém referências directas a diálogos do filme, verdadeiras pérolas a que o Rei dos slackers nos habituou.

“If Lebowski comes on, I’ll say, ‘I’ll just watch [John] Turturro lick the ball,’ and then I’ll say, ‘No, I’ll just…’ and then I’m hooked. Because every time you see it, you get to appreciate all of this beautiful stuff. So I think it’s just such a good film – period. It’s fun to turn people onto it who haven’t seen it. They appreciate it – most of them.”

Uma resposta de deixar os fãs de água na boca, afinal, não seria incrível ver The Dude himself com quase 70 anos? Recentemente, houve uma pseudo-sequela, uma espécie de spin off, chamada Going Places, focada precisamente na inimitável cena da bola de bowling da personagem de Jesus Turturro, Jesus Quintana, acima mencionada por Bridges.