Já se sabe quando chega o novo álbum dos Unknown Mortal Orchestra

A banda de Ruban Nielson divulgou o alinhamento e data de lançamento do novo trabalho, bem como o vídeo de "American Guilt".

O título é sugestivo, ainda que não seja novidade — graças aos tão actuais leaks, cortesia da Uncut. O novo disco dos Unknown Mortal Orchestra vai chamar-se Sex & Food, dois dos melhores prazeres da vida que aqui aparecem associados a um terceiro, a música, que se for como os UMO nos têm habituado pode mesmo vir a fazer jus ao duo que completa. Vamos é ter que esperar até 6 de Abril para o comprovar, dia em que a banda vai divulgar o álbum.

Editado pela Jagjaguwar, no site oficial já é possível pré-encomendar o disco se quiseres garantir que és dos primeiros a tê-lo nas mãos. O trabalho, que segue o êxito de 2015 Multi Love, foi gravado em Seul, Hanói, Reykjavik, Cidade do México, Auckland e Portland e, de acordo com a banda, o seu estilo é tão variado quanto os locais do mundo que percorreram até encontrarem o som certo. “Vibrante, música do futuro cheia de invenções, uma caixa de ritmos funk. O registo é ominoso, thrash rock por um lado, disco cor de rosa por outro” é assim que, sem revelar muito, a editora descreve a nova sonoridade dos UMO.

Para já, apenas temos para o confirmar “American Guilt”. O tema foi lançado em meados de Janeiro, quando surgiu no Spotify e no canal de YouTube da Jagjaguwar. Em simultâneo, a banda neo-zelandesa deixou um teaser animado no Instagram, uma espécie de amostra para o vídeoclipe que entretanto chegou. No dia em que se sabe a data de lançamento de Sex & Food, os UMO lançaram também o vídeo do seu primeiro singleum trabalho animado de Greg Sharp que serve como uma luva o som mais trashy desta nova fase da orquestra de Ruban Nielson e a decadência das suas novas guitarras.

Se o álbum seguir a linha do tema que marcou o regresso dos UMO aos originais, será um trabalho de uma abordagem totalmente distinta, em que um feeling mais soul psicadélico se transfigura numa espécie de grunge, naquilo que sonoramente parece uma homenagem aos Queens of The Stone Age. 

A banda disse entretanto que “American Guilt” é “uma tentativa de captar os sentimentos que se vivem por estes dias.” Nielson revelou recentemente que De uma forma perversa, queria abraçar esse género abandonado de música rock que estou sempre a ler que está ‘morto’ e convidar as pessoas a ouvir como é que esse género ‘morto’ vivo soa no universo UMO. A canção foi gravada em Hanói, no Vietname, durante a temporada de monções num estúdio construído para música tradicional vietnamita. A gravação adicional foi feita na Cidade do México, mas as nossas sessões foram interrompidas por um dos mais devastadores terremotos ocorridos no ano passado. Enquanto dormíamos no Parque do México, incapazes de voltar para o nosso AirBnB, ouvimos um homem gritar ‘Viva o México!’ e eu coloco isso na música por respeito.” Um cenário caótico e um rasto de destruição que no vídeo agora divulgado é propagado por uma mosca maléfica.

Sex & Food. April 6 2018. Pre-order link in bio ❤️?

A post shared by UMO (@unknownmortalorchestra) on

Pelo Instagram também podemos tentar adivinhar aquela que será a capa do novo disco. Para já, fica com o alinhamento em baixo. A banda actua em Portugal no NOS Primavera Sound, dia 7.

Sex & Food:
1 – “A God Called Hubris”
2 – “Major League Chemicals”
3 – “Ministry of Alienation”
4 – “Hunnybee”
5 – “Chronos Feasts on His Children”
6 – “American Guilt”
7 – “The Internet of Love (That Way)”
9 – “This Doomsday”
10 – “How Many Zeros”
11 – “Not in Love We’re Just High”
12 – “If You’re Going to Break Yourself”