Portugal vai ter sistema de alertas em caso de catástrofe por SMS, TV e rádio

Um serviço público que existe em vários países e que vai funcionar também em Portugal.

Foto de Michael Held via Unsplash

Existem em vários países e Portugal vai ter agora um também. O Ministério da Administração Interna e a Anacom, a entidade que regula as telecomunicações, estão a preparar um sistema de alertas à população em caso de iminência ou ocorrência de acidentes grave e catástrofes. Esses alertas serão emitidos por telefone, televisão e rádio.

A ideia é que, caso existam pré-avisos de catástrofes ou estas estejam a acontecer, as pessoas possam receber essa informação através de um SMS das operadoras de comunicações, pelos principais canais de televisão (RTP, SIC e TVI) ou via rádio (não só as estações públicas, como também a TSF, a Renascença e a Rádio Comercial).

Esses alertas abrangerão calamidades como incêndios florestais, tsunamis, fenómenos meteorológicos adversos, cheias, rutura de barragens, emergências radiológicas, acidentes em estabelecimentos industriais ou atentados terroristas.

Segundo um comunicado da Anacom, serão tidas em consideração as melhores práticas já seguidas noutros países. O projecto está previsto na Estratégia Nacional para uma Protecção Civil Preventiva, aprovada em Conselho de Ministros em Outubro do ano passado, depois dos graves incêndios que assolaram Portugal no último ano.

O sistema de avisos à população deverá entrar em vigor ainda antes da época de incêndios.

Previous No final de Janeiro, Londres já tinha atingido os limites de poluição anuais
Next Acabei a faculdade. E agora? Descobre a Associação Inspirar O Futuro