Os 6 telemóveis da Alcatel são para quem quer qualidade mas pagar pouco

A Alcatel foi a Barcelona mostrar os smartphones 1C, 1X, 3, 3X, 3V e 5.

A Alcatel foi a primeira das fabricantes de telemóveis a estrear-se este ano no MWC, em Barcelona, com o anúncio de três telemóveis que prometem boas especificações e preços acessíveis. O Alcatel 5 é o mais caro do alinhamento – 230 euros –, com as restantes opções (Alcatel 3, 3X e 3V) a custarem 150, 180 e 190 euros, respectivamente.

A Alcatel revelou ainda o 1C e 1X, que custam entre 90 e 100 euros e que apresentam uma versão do Android desenvolvida para hardware mais baixo.

Alcatel 5 (230 euros)

O Alcatel 5 tem um preço apelativo e, apesar de as especificações não serem de topo de gama, deverão ser suficientes para quem prevê fazer um uso moderado do seu smartphone, instalando aplicações de chat, redes sociais, serviços de mobilidade ou ferramentas de produtividade, por exemplo. As câmaras frontal e traseira não pretendem ser as melhores do mercado, mas prometem portar-se bem para aquelas fotos e vídeos quotidianos:

  • um ecrã IPS de 5,7 polegadas que ocupa praticamente toda a parte frontal do telemóvel e que oferece um aspect ratio de 18:9. A resolução é de apenas 1440 x 720 pixels;
  • um processador de oito núcleos da MediaTek e 3 GB de memória RAM;
  • 32 GB de armazenamento interno;
  • uma bateria de 3000 mAh com carregamento rápido que reduz para metade o tempo de carregamento;
  • uma câmara traseira de 12 megapixels com abertura f/2,2;
  • uma câmara frontal dupla – ou seja, uma lente de 13 megapixels e abertura f/2,0 para fotos tradicionais, e outra de 5 megapixels e abertura f/2,4 para imagens com um ângulo de 120º;
  • uma porta USB-C e entrada de 3,5 mm para auscultadores;
  • Android 7 Nougat, ou seja, não é a versão mais recente.

O Alcatel 5 apresenta uma construção em metal e vai estar disponível em duas cores – preto e dourado –, quando chegar ao mercado no próximo mês.

Alcatel 3, 3X e 3V (150, 180 e 190 euros)

A série 3 da Alcatel é composta por três modelos diferentes. O Alcatel 3 tem um ecrã IPS de 5,5 polegadas com 1440×720 pixels de resolução. O 3X é ligeiramente maior: 5,7 polegadas mas terá a mesma resolução. Já o 3V tem 6 polegadas e resolução 4K. Todos eles apresentam um aspect ratio de 18:9, a nova norma do mercado.

Os Alcatel 3, 3X e 3V trazem um processador de quatro núcleos da MediaTek, 2 GB de memória RAM e 16 GB de armazenamento interno. A bateria é de 3000 mAh, o sistema operativo é o recente Android 8 Oreo e, quanto à conectividade, encontras a velhinha entrada Micro USB em vez do USB-C. No que toca a câmaras, encontras uma traseira de 13 megapixels e uma frontal de 5.

A série 3 da Alcatel tem uma estrutura em plástico e vai estar disponível em preto, azul e dourado. O 3 custará 150 euros, o 3X 180 euros e o 3V 190 euros. Vão chegar em Março.

Alcatel 1C e 1X (90 e 100 euros)

A Alcatel parece seguir a mesma estratégia da Nokia para identificar os seus produtos: quanto maior o número do equipamento, mais de topo ele é. Assim, a série 1 é a mais barata da Alcatel, que segundo a marca quebra o estigma de que um telemóvel barato é necessariamente feio, com mau ecrã, baixa performance e uma câmara decepcionante.

Dentro da série 1, a Alcatel apresentou o Alcatel 1X, que será vendido por 100 euros a partir de Abril (em três cores: preto, azul e dourado) e que correrá a edição Go do Android Oreo, uma versão mais básica do sistema operativo da Google pensada para hardware mais básico. O equipamento destaca-se por ter um ecrã de 5,3 polegadas com 18:9 de aspect ratio, e uma câmara traseira de 16 megapixels. Outra variante é o Alcatel 1C que, ao contrário do 1X, terá uma construção em metal e que custará 90 euros nas mesmas cores.