Start-up portuguesa Unbabel recebe investimento de 23 milhões de dólares

Empresa desenvolveu um sistema de tradução que combina inteligência artificial e humana.

Portugal

A Unbabel, start-up portuguesa fundada em 2013 e liderada por Vasco Pedro, captou 23 milhões de dólares numa ronda de financiamento Série B. O montante será usado para a expansão internacional e desenvolvimento de produto.

A Unbabel desenvolve, a partir de Lisboa, uma plataforma de tradução baseada em inteligência artificial e aprendizagem automática mas também na revisão humana, com a ajuda de uma rede global de 55 mil tradutores. Este sistema permite obter traduções com qualidade e a baixo custo. Empresas bem conhecidas como a Oculus, EasyJet, Booking.com, Evernote, BuzzFeed, SoundCloud, Trello, Vimeo ou Pinterest são algumas das que recorrem aos serviços da Unbabel, permitindo-lhes comunicar em dezenas de línguas diferentes, a baixo custo.

“Começámos esta empresa com a ambição de alcançar os 70% de utilizadores da internet que não falam inglês, nem mesmo como segunda língua. No entanto, a procura das marcas globais por uma solução que lhes permita dar apoio aos seus clientes na sua língua nativa cresceu tão rapidamente que a Unbabel precisa agora de dar este passo de crescimento para ser capaz de atendê-las”, refere Vasco Pedro, director executivo da Unbabel, em comunicado.

Os 23 milhões de dólares agora captados resultam da confiança de investidores como a Scale Venture Partners, a Notion, a Microsoft Ventures, a Salesforce Ventures, a Samsung Next, mas também a Caixa Capital e a Funders Club.

“Nós somos atraídos por tecnologias que derrubam barreiras geográficas. A Unbabel, com a sua capacidade de baixar cada vez mais o preço por palavra, possibilita uma comunicação sem fronteiras, de maneira profissional, escalável e acessível”, explica Nick Nigam, director da Samsung Next, na mesma nota. “Ao posicionarem-se na interseção entre a tradução automática e os serviços profissionais, a Unbabel oferece uma solução única para ajudar empresas a alcançar mais clientes, com mais eficácia, de forma escalável”, acrescenta Itxaso del Palacio Aguirre, da Microsoft Ventures.

Além desta Série B, a Unbabel já tinha obtido 8 milhões de dólares em rondas de financiamento anteriores, de acordo com o seu perfil na Crunchbase.