Agora é a sério, os Arctic Monkeys estão de volta

Foi confirmado o primeiro concerto da banda este ano e novas datas devem ser anunciadas em breve.

Para variar do que é regra na indústria, os rumores estavam certos. 2018 será mesmo o ano de regresso dos Arctic Monkeys. Mas não te entusiasmes tanto, todo o cuidado é pouco depois de tantos falsos alarmes. É que este regresso foi apenas confirmado com a divulgação da data do primeiro concerto da banda este ano. Em Junho, os ingleses tocarão no festival Firefly, em Dover, nos Estados Unidos, entre os dias 14 e 17 de Junho, onde são cabeças de cartaz juntamente com Eminem, Kendrick Lamar e The Killers.

Por agora, esta é a única data oficial confirmada pela banda, apesar de várias fontes próximas dos Arctic Monkeys avançarem que devem ser anunciadas novas datas dentro dos próximos dias, entre elas algumas na Europa e possivelmente em Portugal.

Entretanto foi divulgado um vídeo críptico pela Internet que parecia avançar mais concertos, que acabou por ser dado como falso e apagado das redes sociais. No Reddit, os fãs da banda interpretaram os números que apareciam aleatoriamente no vídeo como datas e coordenadas, e especulam sobre possíveis espectáculos da banda no Mad Cool Festival, em Madrid, no Primavera Sound em Barcelona e no Rock Werchter, em Werchter, Bélgica.

Teorias da conspiração do género ganham outra dimensão numa altura em que os fãs dos ingleses esperam por novidades há mais de três anos, e não os vêem em palco desde 2013, ano da digressão de AM, o quinto álbum de estúdio da banda. É que, entretanto já passaram quatro anos desde o seu lançamento, e o período marca o maior tempo entre álbuns na carreira dos Arctic Monkeys.

Pelo meio, Alex Turner dedicou-se aos Last Shadow Puppets, o seu projecto com Miles Kane, com quem andou em tour e lançou Everything You’ve Come to Expect. Matthew Helders, Jamie Cook e Nick O’Malley também se dedicaram a colaborações com outros artistas e bandas e pelo caminho, aproveitaram para nos deixar de água na boca quanto a um novo álbum. O sexto trabalho da banda de Sheffield tem sido apontado para 2018 há muito tempo, mas entre bocas inconclusivas em entrevistas e teasers maldosos da imprensa especializada pouco se sabe acerca de uma data concreta de edição.

Depois de Turner ter descortinado alguns planos no início do ano passado, e de Matt Helders ter feito o mesmo a um fã meses depois, em Setembro foi o baixista Nick O’Malley quem decidiu abrir o jogo, numa entrevista à revista For The Ride. Na altura, a publicação citou O’Malley dizendo que: “o álbum vai ser lançado no próximo ano porque ‘se não for, vamos ter problemas’.”

Rumour has it que a banda estará na sua terra natal Sheffield a trabalhar no novo álbum desde essa altura.

A última vez que estiveram em Portugal foi em 2014 quando passaram pelo festival NOS Alive.

Previous Facebook vai dar prioridade aos conteúdos de amigos e família em detrimento das empresas
Next Donald Trump insulta Haiti, El Salvador e países africanos: "países de merda"