Mais jovens vão ter desconto de 25% no passe de transportes

Passe Sub23 com desconto é alargado a todas as instituições do ensino superior e válido até aos 24 anos para estudantes de Medicina e Arquitectura.

O Passe Sub23 vai passar a abranger todos os estudantes até 23 anos, de todas as instituições de ensino superior, incluíndo as regiões autónomas. A alteração consta no Orçamento do Estado para 2018, que ainda está em discussão no Parlamento, e partiu de uma proposta do Bloco de Esquerda (BE), aprovada esta quinta-feira na especialidade.

Quer isso dizer que todos os estudantes do ensino superior vão poder beneficiar de desconto de 25% nos transportes. A proposta do BE agora aprovada estipula que o desconto seja aplicado aos “serviços de transporte colectivo de passageiros autorizados ou concessionados pelos organismos da https://staging2.shifter.pt/wp-content/uploads/2021/02/e03c1f45-47ae-3e75-8ad9-75c08c1d37ee.jpgistração central e regional, bem como aos serviços de transporte de iniciativa dos municípios, se estes vierem a aderir ao sistema passe”.

Foi também incluída uma exceção para os alunos com cursos de seis anos – Medicina e Arquitectura – que irão beneficiar do mesmo desconto até aos 24 anos de idade.

Ensino básico e secundário também com desconto

Os deputados aprovaram ainda uma proposta do PEV para que todos os estudantes entre os 4 e os 18 anos tenham um desconto de 25% no passe de transportes, mesmo que não tenham apoio social. O PS também tinha apresentado uma proposta neste sentido, que foi igualmente aprovada.

O BE tinha uma proposta mais ambiciosa de alargamento do denominado Passe 4_18, para que o desconto fosse de 50%, mas foi rejeitada.

Os deputados da comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa cumpriram esta quinta-feira o segundo dia de votações da proposta de Orçamento do Estado para 2018 e das centenas de propostas de alteração apresentadas pelos partidos.

Foto de: Tiago Fonseca/Flickr

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt