Bicicletas partilhadas Gira chegam esta semana a Alvalade e Avenidas Novas

São 15 novas estações, às quais se vão juntar mais 17 brevemente.

A EMEL vai, por fim, estender as bicicletas partilhadas Gira a mais pontos da cidade, nomeadamente a Alvalade e Avenidas Novas com a disponibilização de 15 novas estações. Estes novos pontos vão funcionar a partir deste sábado, 18 de Novembro, prevendo-se a abertura de mais 17 estações na mesma zona posteriormente.

São 32 novas estações da Gira que se juntam às 10 que estão a funcionar desde Setembro no Parque das Nações, entre as 7 h a meia-noite. Quando estiver concluída a 1ª fase de implementação da Gira, serão 140 estações espalhadas por Lisboa, abrangendo áreas como a Avenida da Liberdade, a Baixa, o Cais do Sodré, a Almirante de Reis ou Telheiras.

As 15 novas estações (assinaladas a verde no mapa) vão estar localizadas junto à estação de metro do Campo Grande, ao longo do Jardim do Campo Grande, perto da Avenida Rio de Janeiro, ao lado da Gulbenkian, próximo da estação de comboios de Roma-Areeiro e na zona do Campo Pequeno. As estações assinaladas a cinzento serão abertas numa fase posterior.

Para mais informações sobre a Gira, consulta a página oficial ou o que escrevemos aquando do seu lançamento.

A EMEL tinha apontado o final de Outubro como data limite para a 1ª fase da Gira estar concluída. Com as cerca de 40 estações que estarão agora em serviço, ficam a faltar 100. A Gira não será o único serviço de bicicletas partilhadas disponível em Lisboa. Na Primavera do próximo ano, a chinesa Ofo prevê disponibilizar a sua oferta na capital portuguesa, depois de um primeiro piloto em Cascais.