Uma lição sobre jornalismo de investigação nascida da urgência

As caras na frente de combate ao Daesh.

Foi no meio do caos que nos habituámos a observar nas notícia do quotidiano que o fotógrafo e realizador independente Joey L se aventurou para produzir uma disruptiva peça informativa sobre o conflito no Médio OrienteBorn From Urgency.

No meio da coluna caótica que progredia entre o Iraque e a Síria conquistando terreno aos terroristas e, literalmente, no meio das tropas curdas que corajosamente encabeçaram esse movimento, o realizador captou uma perspectiva única sobre a frente de combate. Ao contrário daquilo a que as imagens dos media de massas nos habituaram, Joey oferece-nos uma perspectiva própria e pessoal na qual facilmente identificamos rostos e emoções de pessoas como nós. Aqui ficam de fora as imagens de drone e os planos picados impessoais, abrindo espaço para um outro tipo de narrativa.

As imagens podem ferir as susceptibilidades dos mais sensíveis, tal como a narrativa que acompanha o documentário – às vezes, a realidade é mesmo dura demais. Entre escombros de vilas e cidades completamente destruídas, ergue-se a força emergente do povo curdo. Joey, de câmara na mão e com uma descontracção atípica para quem se encontra naquele cenário, oferece-nos uma espécie de visita guiada com complemento sobre a história recente do conflito. O primeiro cenário do documentário é uma cidade que havia sido recentemente conquista pelos Peshmerga (unidades militares do povo curdo), uma prova cabal da animosidade do conflito e do perigoso da permanência naquele local.

Ao longo de pouco menos de uma hora e com a ajuda preciosa de alguns soldados curdos que vão apresentando o local e as artimanhas que se vão encontrado, ganhamos um novo conhecimento e uma nova perspectiva sobre o conflito, as tácticas e as motivações de parte a parte, à medida que, pela mão do realizador, percorremos os campos de batalha completamente destruídos.

Todo o documentário é legendado em Curdo, o que acaba por ser uma forma de homenagem a um povo que tem sido tão importante nesta conquista.

Born From Urgency é o segundo trabalho de Joey L, no âmbito do jornalismo de investigação. O realizador nova-iorquino tem dedicado os últimos 3 anos da sua carreira à investigação jornalística deste conflito. Entre outros projectos, destaque para o Guerrilla Fighters Of Kurdistan, um outro documentário, lançado em 2015, em que Joey se debruça sobre o lado pessoal e humano de quem está na frente de combate. Este filme, que não foi um projecto planeado e nasceu da simples ideia de fotografar soldados, terá sido o derradeiro teste para, agora sim, o realizador nos brindar com uma grande produção. Um trabalho louvável em todos os aspectos e uma perspectiva absolutamente disruptiva da realidade que se vive no Iraque e na Síria.

Se Guerrilla Fighters of Kurdistan mereceu a distinção como um dos trabalhos do ano para a equipa do Vimeo, Born from Urgency já lhe segue as pisadas na conquista deste circuito que acaba por ter algum peso na distribuição de conteúdo audiovisual produzido por autores independentes.

Uma nota final em memória do realizador britânico de ascendência curda, Mehmet Aksoy, que acabou por ser mais uma das vítimas do conflito enquanto preparava também ele uma longa metragem audiovisual.