Tóquio é a grande metrópole mais segura do mundo

A capital nipónica distingue-se pela segurança digital. Seguem-lhe Singapura e Osaka.

Foto de: Andre Benz

Um estudo conduzido pela The Economist Intelligence Unit avaliou 60 das maiores cidades do mundo segundo 49 parâmetros e ordenou-as por grau de segurança. No topo da lista de critérios estão a segurança pessoal, o acesso à saúde, a segurança das infraestruturas e um critério singular, a segurança digital. Lisboa pela sua dimensão não consta do estudo.

Em baixo podes consultar um quadro com os 5 primeiros classificados em cada um destes parâmetros.

Tóquio surge à cabeça da lista com um score na casa dos 89,90, seguido de perto de Singapura e Osaka, um cenário que se repete aos resultados usados pela mesma metodologia nos últimos 3 anos. O que distingue a capital nipónica, primeira pela terceira vez consecutiva, é a segurança digital onde se classifica como primeiro do ranking – aspecto que privilegia cidades com redes com baixa vulnerabilidade. Também nas condições de saúde e segurança pessoal, Tokyo surge nos cinco primeiros da lista. Só no que toca à qualidade das infraestruturas, critério que preferencia infrasestruturas verdes, a caital do Japão não figura no top 5.

Para além deste olhar mais comparativo, o estudo fornece ainda dados interessantes para reflexão sobre a vida nestas cidades nos dias que correm. Numa altura em que o terrorismo faz capas de jornal, lançam a comparação do número de vítimas provocado em 2015, 30 mil, com os números de vítimas de acidentes rodoviários, 1,2 milhões. Noutro aspecto importante, o estudo revela o crescimento das chamadas megacidades, com mais de 10 milhões de habitantes, que em 2030 se prevê que sejam no total 40 espalhadas pelo mundo.

Previous O estranho estádio russo que será palco do campeonato do mundo
Next Foi descoberto um buraco maior que a Holanda na Antártida