Mulher perde a visão após passar um dia inteiro a jogar smartphone

Wu Xiaojing admitiu jogar continuamente até oito horas, sem comer, beber água ou ir à casa de banho.

Uma mulher da China ficou parcialmente cega depois de passar um dia inteiro a jogar smartphone. A jogadora de 21 anos, sob o pseudónimo de Wu Xiaojing, era uma entusiasta do popular jogo multiplayer Honor of Kings.

Wu Xiaojing afirma ter jogado várias horas consecutivas quando repentinamente perdeu a visão do olho direito. Foi entretanto encaminhada por diversos hospitais, onde posteriormente lhe foi diagnosticada uma oclusão da artéria da retina no olho direito, um tipo de problema que afecta geralmente pacientes idosos e pode resultar na perda total e permanente de visão.

Wu admitiu jogar continuamente até oito horas, sem comer, beber água ou ir à casa de banho. Segundo a própria relata, Wu passou o dia 1 de outubro, um feriado local, a jogar. Foi só depois de jantar que perdeu a visão sendo então levada para o hospital.

De acordo com um especialista em oftalmologia do hospital Nancheng, onde Wu foi diagnosticado, é provável que a paciente tenha sofrido o problema devido o jogo excessivo. No entanto, o Dr. David Allamby, diretor médico de uma clínica oftalmológica em Londres, disse ao Daily Mail que havia uma chance reduzida de Wu ter desenvolvido este problema somente devido ao jogo.

Honor of Kings é um dos jogos para smartphone mais populares da China, com cerca de 200 milhões de utilizadores. A empresa por trás do jogo, a Tencent, já havia restringindo o jogo a crianças menores de 12 anos e a apenas uma hora de jogo por dia, a fim de evitar o vício.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt