A fórmula secreta de Einstein para a felicidade

Passados 95 anos, foi recuperada uma nota manuscrita de Einstein.

96 anos depois de Albert Einstein ser galardoado com o prémio Nobel da Física e depois de décadas de um mundo científico absolutamente definido pelo seu trabalho, as suas palavras continuam a ter um valor incalculável, ou pelo menos altamente simbólico.

A prová-lo está, desta vez, a receita do leilão de uma nota manuscrita do génio alemão. 1,56 milhões de dólares foi quanto alguém foi capaz de dar por uma folhas simples com uma fórmula única. Não, nada de física, a fórmula da felicidade para Einstein.

A história por trás desta nota é dúbia mas uma coisa é certa, terá sido oferecida por Albert a um funcionário de um hotel em Tóquio que não aceitara gorjeta em dinheiro ou, provavelmente, por Einstein não ter trocos, numa altura em que apresentava as suas descobertas pelo mundo.

“Uma vida simples e silenciosa traz mais alegria do que a procura do sucesso num desassossego constante” é o que se pode ler na língua nativa de Einstein, o alemão, no agora famoso papel. Uma mensagem simples mas que vinda de um génio dá pistas para a atitude perante a vida que mais frutos pode dar. Numa altura em que o stress é avassalador e o tempo livre escasseia, recordar a mensagem de Einstein ganha uma valor incalculável.

No mesmo leilão também foi vendida uma outra nota, ainda mais simples, igualmente manuscrita pelo cientista e que também terá sido dada ao mesmo funcionário de hotel. Neste caso uma mensagem icónica sobre força de vontade, uma frase que nos habituámos a ouvir associada ao físico: “when there’s a will, there’s a way”.

O leilão decorreu em Jersualém na casa Winner’s e o comprador, segundo reporta a leiloeira, foi um europeu que preferiu manter anonimato.