Lisboa vai ser a capital da tecnologia durante 3 dias

Está aí mais uma edição do Pixels Camp, desta vez no renovado Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

Primeiro foi Codebits, agora é Pixels Camp. Desde 2007, afirmou-se como um dos principais e maiores eventos de tecnologia realizados em Portugal e está de volta para mais uma edição. Será de 28 a 30 de Setembro, no renovado Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa.

O Pixels Camp é especialmente direccionado a programadores, que durante os três dias poderão escrever muito código (muito mesmo), assistir a palestras, participar em workshops e acompanhar as últimas tendências tecnológicas expostas na feira. O acesso é gratuito, mediante registo online (“apenas os mais talentosos podem entrar”, lê-se).

Temas como inteligência artificial, aprendizagem automática, criptomoedas, impressão 3D, realidade aumentada, realidade virtual, cibersegurança e nuvem (cloud) andarão nas bocas de todos os participantes e convidados deste Pixels Camp, onde também se falará sobre como se pode “hackear” o mundo das start-ups, sobre o que é um gestor de produto ou sobre como a linguagem de programação Python pode ser usada para resolver desafios científicos.

Os diversos acontecimentos vão desdobrar-se por quatro palcos – Palco Bright Pixel, Palco Beta-I, Palco NOS e Palco SegFault –, ao qual se junta o espaço de workshops. Esta programação funcionará em paralelo àquele que é o ponto alto do Pixels Camp: a maratona de programação de 48 horas. Prevê-se que seja tão intensivo que os participantes terão comida e café à sua disposição, bem como local para dormir e tomar banho. Sim, vão viver e programar durante 2 dias no Pavilhão Carlos Lopes.

Várias empresas estarão associadas ao Pixels Camp. O OLX, por exemplo, vai promover uma sessão de programação às escuras (Code In The Dark), uma competição durante a qual os programadores inscritos terão de dar tudo no seu HTML e CSS se quiserem chegar à grande final e, claro, disputar a sombria “taça”. Já a Talkdesk, start-up portuguesa que ganhou fama e estatuto ao desenvolver uma solução revolucionária para call centers, marcará presença com 40 colaboradores, 10 dos quais como oradores.



A NOS é um dos patrocinadores do Pixels Camp e promoverá no evento um ciclo de cinema de ficção científica, que terá lugar nas noites de 28 e 29 de Setembro, com os filmes Blade RunnerThe Matrix, Operation Swordfish e Interstellar. A operadora de telecomunicações vai também mostrar uma experiência de realidade aumentada – o Holo Sport, que permite assistir a um jogo de futebol através de várias perspectivas e câmaras num estádio virtual.

Além de disponibilizar toda a internet wi-fi ao Pixels Camp, a NOS vai transmitir o evento no Canal NOS, disponível para os clientes na grelha de televisão. Ao todo no Pixels Camp, esperam-se 1200 participantes. Para os novatos foi feito um guia com todas as dicas de que precisam para parecerem veteranos. Mais info em pixels.camp.

 

Previous HBO vai lançar documentário sobre Steven Spielberg, o pai do Blockbuster moderno
Next Mulheres finalmente autorizadas a conduzir na Arábia Saudita