De Setembro a Novembro, o Musicbox não vai parar

Sala no Cais do Sodré, em Lisboa, promete uma "rentrée" agitada.

Entre estreias nacionais, lançamentos de discos e festivais há de tudo para todos. O Musicbox, no Cais do Sodré, Lisboa, promete uma rentrée agitada – a começar em Setembro e a terminar só em Novembro. Serão três meses “sem fronteiras entre géneros, de olho nas novas tendências mas sem esquecer as referências”, lê-se na nota de divulgação.

Comecemos pelos discos. Serão 10 lançamentos e apresentações a acontecer no Musicbox – sala que, ao longo dos seus 11 anos de história já perdeu a conta a quantas vezes serviu para esse efeito. Toma nota que, nesta lista, há coisinhas muito boas:

  • dia 16 de Setembro, Mirror People toca em Lisboa o seu Bring The Light;
  • dia 22 de Setembro, os For The Glory lançam o seu pesado disco Now And Forever;
  • dia 29 de Setembro, os Ermo tocam pela primeira vez em Lisboa o seu Lo-Fi Moda – sem sombra de dúvida, um um dos álbuns portugueses do ano. Um concerto integrado no Festival Silêncio;
  • dia 30 de Setembro, os Lavoisier apresentam É Teu, registo que procura repensar as raízes da música tradicional portuguesa através de uma linguagem atual e contemporânea. Concerto também do Festival Silêncio;
  • dia 4 de Outubro, os Process Of Guilt vão lançar Black Earth;
  • dia 6 de Outubro, os GROGnation vão mostrar o seu Nada É Por Acaso;
  • dia 7 de Outubro, há estreia de Hoping Something Anything, o novo dos Time For T, em Lisboa;
  • dia 20 de Outubro, os Chinaskee E Os Camponeses apresentam Malmequeres;
  • dia 28 de Outubro, a Surma toca pela primeira vez de fio a pavio Antwerpen, o seu muito aguardado primeiro álbum. Será no âmbito do Jameson Urban Routes;
  • dia 16 de Novembro, os Brass Wires Orchestra lançam o seu segundo disco, Icarus.

Vamos aos internacionais? Até Novembro, são sete os artistas que vão pisar pela primeira vez a calçada de Lisboa. Já na próxima semana (6 de Setembro), Rincon Sapiência mostra-nos porque razão é neste momento tão falado quanto Neymar em terras de Vera Cruz. O novo ponta de lança do hip hop lusófono estreia-se na rúbrica Gin & Juice. Dia 23, o super produtor The Alchemist chega a Lisboa com uma carteira impressionante de colaborações que lhe deviam garantir entrada directa no “Hip Hop Hall of Fame”. De Eminem a MF Doom sem esquecer os históricos Moob Deep e Cypress Hill, todos passaram pelos ouvidos mágicos de Alchemist.

No capítulo de lendas The Glories (15 de Setembro) e Laid Back (26 de Outubro), ambos com mais de 30 anos de carreira, vão finalmente tocar para nós. Os primeiros – liderados pelo icónico Mick Collins – são inquestionavelmente a principal referência garage rock de todo o mundo, sendo esta uma afirmação de coragem mas muito justa. Já Laid Back mostraram ser uma das mais eficientes máquinas de hinos da história da música pop. Estreiam-se via Jameson Urban Routes e prometem tocar todos os hits que há três décadas nos acompanham, de “Sunshine Reggae” a “White Horse”, “Cocaine Cool” ou “Bakerman”.

Ainda no Jameson Urban Routes destaque para Austra (28 de Outubro), que lançou este ano Future Politics, um compêndio sobre o futuro assustador que a política internacional tanto nos dá conta.

The Bug feat Dylan Carson (Earth) promete ser um dos espectáculos mais densos de Novembro – apostamos – em todo o país. O disco que acabam de lançar juntos é um poderoso testemunho de dois dos principais magos do bass dos últimos e tem estreia marcada para a Musicbox Heineken Series no dia 9 (de Novembro, já dissemos).

A fechar este capítulo, especial atenção a Tank And The Bangas (2 de Novembro) que estão pela segunda vez na Europa mas agora com a certeza de que estamos perante um dos grandes nomes para 2018. Um concerto imperdível onde o spoken word, o hip hop e o jazz parecem um só género, característica antropológica da banda de New Orleans. Pela primeira vez foi no Cais.

Mas há mais… Pega Monstro (9 de Setembro); Benjamin & Barnaby Keen (14 de Setembro); Kode9 (29 de Setembro); And So I Watch You From Affar (30 de Outubro); Micah P. Hinson (31 de Outubro) e Fai Baba (17 de Novembro). Queres mais? Toma todos os nomes já confirmados para a 11ª edição do Jameson Urban Routes: Black Bombain & Peter Brotzmann, Scuru Fitchadu, Actress, You Can’t Win Charlie Brown, O Terno, Xinobi & Da Chick, Caroline Lethô e os já referidos.

foto via Flickr

Previous Berlim testa conceito de “cidade esponja” para combater calor e inundações
Next Uma experiência analógica no Vodafone Paredes de Coura

Suggested Posts