Uma ode à autenticidade do corpo feminino

Claudia Sahuquillo faz do instagram a sua galeria na luta pela igualdade de género.

São muitos os artistas que nos últimos anos deixaram a tela e o papel e optaram pelo corpo humano como base para as suas pinturas. A artista espanhola Claudia Sahuquillo diferencia-se em relação a todos os outros porque usa a arte de pintar o corpo humano para apoiar o feminismo.
Inicialmente Claudia pintava o próprio corpo mas mais tarde estreou o conceito “Skin is the new canvas”, isto é, “a pele é a nova tela”. Actualmente, através da sua conta do Instagram, a artista partilha pinturas em corpos de outras mulheres nuas, evidenciando as suas características naturais. Corpos envelhecidos, com pelos púbicos, estrias, celulite e com seios de tamanhos diferentes, são exemplos das particularidades que Claudia procura desmistificar recorrendo à arte.

#skinisthenewcanvas

A post shared by Claudia Sahuquillo (@claudiasahuquillo) on

Cuando voy a tomar un té con Inés y ella acaba llena de ojos

A post shared by Claudia Sahuquillo (@claudiasahuquillo) on

?ZINTETA? #skinisthenewcanvas

A post shared by Claudia Sahuquillo (@claudiasahuquillo) on

? #skinisthenewcanvas

A post shared by Claudia Sahuquillo (@claudiasahuquillo) on

Nos últimos anos, o feminismo tem levantando bastantes questões em relação aos estereótipos de corpo perfeito implementados pelas grandes marcas e meios de comunicação. Claudia Sahuquillo distingue-se por apelar à genuinidade e autenticidade do corpo feminino. Defende que não é preciso corresponder a nenhum padrão para se ser considerada mais ou menos mulher e que são as imperfeições que tornam cada mulher única à sua maneira. Por outro lado, também a ideia da igualdade entre o corpo dos dois géneros é defendida: se o homem não é pressionado pela sociedade à remoção dos pelos púbicos, a mulher também não o deve ser; se o peito do homem não tem de ser escondido, o da mulher também não deve ser.
Cada vez mais pessoas, não só mulheres mas também homens, apoiam o movimento, o que explica o sucesso da artista espanhola. No Instagram, onde se tornou um fenómeno, conta já com mais de 53 mil seguidores mas se virtualmente não for suficiente, também é possível apreciar a arte de Claudia nas exposições que tem feito pelo mundo fora.

Texto de: Rita Ferreira
Editado por: Rita Pinto