Art Therapy: como livros fictícios de auto-ajuda são arte

Johan Deckmann é artista e psicoterapeuta e transforma capas de livros para te pôr a pensar.

Passa grande parte do seu tempo a recolher livros em lojas de antiguidades. São eles a tela onde dá início à sua Art TherapyO nome nasceu do facto de, além de ser artista, ser psicoterapeuta.

Grande parte do trabalho do dinamarquês Johan Deckmann, reúne em si o facto de ser graficamente apelativo, provocador e poético e altamente internt friendly. As suas capas contêm títulos fictícios que nos levam a crer que o conteúdo que guardam é um livro de auto-ajuda, mas dos bons. Recorrendo muitas vezes ao humor e à ironia, a Art Therapy de Deckmann acaba por ser quase interventiva, na medida em que nos dá conselhos reais sobre a forma como devemos encarar a vida“A arte é uma boa plataforma para a interação ou conscientização psicológica,” disse ao The Guardian. Refere ainda que cria com base nas suas observações do comportamento humano (mas nunca baseado nos seus pacientes). “O humor é um companheiro bastante conveniente, dada a condição da humanidade. Eu acho que a gratidão, o reconhecimento de estarmos neste munto e uma parte de auto-ironia são as principais chaves para uma vida feliz.”

Diverte-te aqui com alguns dos melhores trabalhos de Johan Deckmann. Se ficares fã e quiseres seguir o seu percurso, segue-o também no Instagram. É lá que publica a sua arte.