Sim, som, sonido, Sónar. E desta vez também estamos lá

Sabe tudo sobre um dos melhores festivais de música eletrónica do mundo que acontece em Barcelona, de 15 a 17 de Junho.

Sónar 2017 Barcelona

Criado em 1994 por Enric Palau, Ricard Robles and Sergi Caballero, o Sónar já correu 27 cidades espalhadas pelo mundo, mas este ano, aquele que é um dos festivais de música electrónica de maior renome internacional está novamente em Barcelona. Já é tradição, mas é sempre uma tradição com novidades.

Este ano volta mais uma vez com artistas internacionais e novos nomes que merecem o seu lugar nos “pódios” que preenchem o recinto deste acontecimento de 3 dias.

A 15, 16 e 17 de Junho todos os caminhos vão dar à capital catalã, e se és amante deste tipo de música, podes fazer parte das mais de 100 mil pessoas que todos os anos passam por lá para ouvir e sentir todas as vibrações conhecidas e desconhecidas que caracterizam o festival – que costuma dar a conhecer o que está, o que vai estar e o que devia estar na berra.

Mais de 100 artistas internacionais fazem parte da “equipa” deste ano, entre nomes sonantes como Anderson .Paak & The Free Nationals, Arca, Bjork, Clams Casino, De La Soul, Dj Shadow, Dubfire, Earl Sweatshirt, Eric Prydz, Evian Christ, Gaika, JUSTICE, Keys n Krates, Moderat, Nicolas Jaar, Nina Kraviz, Princess Nokia, River Tiber, Soulwax, Thundercat e muitos mais. Tantos, que parece que nunca mais acabam, mas para preencher 3 dias inteiros de vibrações sónicas em palcos distintos, esta avultada lista de artistas é claramente necessária.

O festival divide-se em Sónar by Day e Sónar by Night. Os bilhetes são vendidos tanto para dia como para noite, dia e noite, ou para o festival inteiro e ainda é possível comprar no próprio website.

Apesar disso, o Sónar não são é só espectáculos. Em 2013, foi criada a Sónar +D.

Sónar +D

Trata-se de uma conferência internacional que combina um conjunto de actividades com apenas um tema em comum: a relação entre a criatividade e a tecnologia e a transformação digital das industrias culturais envolvidas. Está organicamente integrada no Sónar, ajudando a que o festival sirva para revitalizar a dinâmica cultural, digital e das tecnologias criativas, indo para além do território musical e dos novos media.

Reúne especialistas de todo o mundo (técnicos, empresários, artistas, empresas e investigadores) que apresentam iniciativas e ferramentas que irão moldar as futuras experiências criativas nos ramos da música, efeitos visuais, conteúdo interactivo e nas plataformas transmedia. No site oficial podes consultar o programa e horários de todas as conferências. O Sónar +D começa um dia antes do festival de música (dia 14) e para perceberes que promete, a primeira oradora é a Björk.

 

A Meca da música electrónica volta novamente este ano, desta vez com os olhos e ouvidos do Shifter. Pela primeira vez, vamos estar por lá, com a intenção de conhecer e dar a conhecer um dos maiores certames europeus que leva à capital catalã um cartaz recheado de talento.

Previous Edward Snowden veio a Portugal e isto foi o que nos disse
Next Já podes ouvir 'Filhos do Rossi', o EP de estreia dos Wet Bed Gang

Suggested Posts