Honor 9 é o novo concorrente do OnePlus 5 em Portugal

O mais recente flagship da Honor, sub-marca da Huawei, é um telemóvel com especificações de topo e um preço acessível.

Huawei Honor 9

A marca que a Huawei criou na China para responder à Xiaomi e OnePlus tem um novo telemóvel. O Honor 9 apresenta especificações de topo e um preço acessível: 460 euros. Pode ser a opção acertada para as necessidades e bolso de muitos utilizadores.

Apresentado globalmente em Berlim esta terça-feira e num evento informal à imprensa portuguesa no dia seguinte, o Honor 9 é a continuação de um trabalho que a Honor, sub-marca da Huawei, tem vindo a desenvolver desde meados de 2014, quando lançou o seu primeiro flagship, o Honor 6. O novo equipamento tem parecenças com o Huawei P10 ao nível das especificações do hardware e do software, podendo, pelo preço mais baixo (o P10 custa 650 euros), revelar-se uma escolha mais acertada que o topo-de-gama da Huawei.

O processador é o HiSilicon Kirin 960, um chip octa-core desenvolvido pela Huawei e disponível também no P10. Temos o mesmo ecrã Full HD (com parâmetros semelhantes ao nível de cores e densidade de pixels), a mesma bateria de 3200 mAh com carregamento rápido, os mesmos 4 GB de memória RAM (existe uma versão do Honor 9 com 6 GB) e a mesma tecnologia USB-C. Quanto à capacidade de armazenamento, está disponível uma versão base de 64 GB e outra de 128 GB (no P10 as opções são 32 e 64 GB). Existe espaço para cartão microSD até 256 GB.

A câmara traseira é dupla, isto é, composta por duas lentes. Não são as lentes da Leica do P10 mas a qualidade de imagem promete ser bastante boa, tanto de dia como de noite. As fotografias são conseguidas através da conjugação de uma lente monocromática de 20 megapixels e outra colorida (RGB) de 12 megapixels – a primeira dá detalhe à imagem, a segunda injecta as cores na fotografia que, caso contrário, seria a preto-e-branco.

Ao nível do software, existem opções que não estão disponíveis no Huawei P10 e que são quase uma espécie de “capricho tecnológico”. Uma delas é a possibilidade de criar fotografias a três dimensões, movendo o telemóvel em redor de um objecto para captá-lo de diferentes ângulos; a outra permite produzir avatares tridimensionais através de uma fotografia do rosto de uma pessoa (o avatar pode ser personalizado com diferentes tipos de cabelo, acessórios ou roupa). Duas brincadeiras que resultam de parcerias da Honor com serviços já firmes no mercado e que estão disponíveis ao lado das funcionalidades que tradicionalmente encontramos na câmara de um smartphone (e na do P1o) – HDR para fotos mais vibrantes, modo de auto-retrato que desfoca o fundo para realçar um rosto, fotos de longa exposição, vídeos em slow-motion, etc.

A dupla câmara na traseira possibilita ainda um zoom óptico até 2x; contudo, através de zoom digital, é possível uma aproximação de 10x, existindo naturalmente alguma perda da qualidade na imagem. Tal como o P10, filma com qualidade 2k a 30 fps. Na frente, o Honor 9 vem com uma câmara de 8 megapixels. Apesar das diferenças no software da câmara, o Honor 9 corre a mesma versão do Android e a mesma skin que o Huawei P10 – o Android 7.0 com a interface EMUI 5.1 que adiciona algumas funcionalidades ao sistema operativo base da Google.

No design, o Honor 9 destaca-se pela construção metalizada e arredondada nos lados, principalmente na parte de trás, onde a curvatura é maior. A traseira é atractiva para dedadas mas também um óptimo reflector de luz, que, segundo a marca, oferece reflexões diferentes de acordo com o ângulo a partir do qual olhamos para o equipamento, numa alusão às auroras baleares.Quanto a cores, existem três: cinzento, preto e azul.

O Honor 9 será vendido exclusivamente online, através das operadoras nacionais e de lojas como a FNAC ou a Worten, por 459,90 euros. É um preço em linha com o do OnePlus 5, lançado na semana passada e que apresenta uma proposta muito semelhante a este flagship da Honor.

Previous Facebook atinge nova meta: 2 mil milhões de utilizadores
Next WOOL: a arte urbana que ficou na Covilhã para quem (ainda) não viu

Suggested Posts