Facebook atinge nova meta: 2 mil milhões de utilizadores

Com grande poder, vem grande responsabilidade.

facebook utilizadores nova meta

Foi no dia 27 de Junho de 2017 que o Facebook atingiu os 2 mil milhões de utilizadores activos mensalmente, 13 anos depois.

Há poucos artigos que comecemos com tanta certeza de que estamos a escrever um pedaço, ínfimo que seja, de história. E desengane-se quem acha que dizê-lo é uma apologia. Aquilo que na nossa rotina pode parecer banal – só mais uma notícia sobre o facebook – deixa de o ser quando o número se trata de uma boa parte da população mundial. 2 de 7,5 mil milhões. A escolha mediada por algoritmos, os comentários, os likes e até os recentes loves terão certamente menções em capítulos como eleições importantes, o entretenimento do século XXI ou o consumo de informação nessa altura.

Este marco parece surgir contra a corrente da nossa percepção que nos diz que o Facebook está a perder gás. Para o feito contribuu altamente o crescimento da rede social em geografias como a Ásia e o Pacífico como revelam os números do primeiro trimestre de 2017. Um dado que indicia provavelmente a influência da aposta na aplicação Facebook Lite, preparada para equipamentos e conexões mais fracas.

Os 2 mil milhões de utilizadores activos mensalmente (que fazem pelo menos um login por mês) reforçam o isolamento do gigante azul no top das redes sociais, procedido do Youtube com 1,5 mil milhões de utilizadores e de outras duas aplicações do grupo Facebook Inc., Messenger e Whatsapp.

O Facebook parece cada vez mais ciente (não necessariamente eficiente) dessa responsabilidade e, prova disso, é o anúncio feito há pouco mais de uma semana da nova missão e objectivos subsequentes. Se tornar o mundo mais próximo é o rumo escolhido pelo líder desta embarcação com 20% da população mundial a bordo, o primeiro objectivo é que os utilizadores se reúnam em Meaningful Groups, expressão usada por Mark Zuckerberg no meio de um discurso claramente diferente do habitual.

A este marco impressionante a empresa reage, antecipadamente, como uma postura mais madura e a palavra offline em destaque, mas muito ainda fica por dizer numa série de temas com os quais nos confrontamos diariamente na plataforma. Mensagens de ódio, comentários ofensivos, divulgação de vídeos impróprios ou questões mais difíceis de identificar como padrões comportamentais e de relacionamento entre pessoas são o tipo de questões que implica a enorme responsabilidade.

As of this morning, the Facebook community is now officially 2 billion people!We're making progress connecting the…

Publicado por Mark Zuckerberg em Terça-feira, 27 de Junho de 2017

O tom deste anúncio pode ser para já um primeiro sinal de que a euforia acalmou no Facebook, quando se podia esperar uma grande campanha de comunicação surgiu apenas um post de Mark Zuckerberg, um comunicado de imprensa discreto assinado por Mike Nowak, director de produto e Guillermo Spiller, gestor de produto e uma série de pequenas iniciativas no newsfeed como um vídeo personalizado. Nos Estados Unidos juntam-se a esta campanha uma série de videos com histórias de sucesso dos grupos no Facebook.

Facebook Groups: Moms of Beverly

Publicado por Facebook em Terça-feira, 27 de Junho de 2017