As Chicas Poderosas estão a organizar um encontro sobre VR

Especialistas em realidade virtual e filme 360º vêm a Lisboa ser mentores de jornalistas, designers, produtores de vídeo e fotografia, programadores e artistas.

A realidade da cidade aos olhos de todo o mundo… virtualmente. Durante três dias, Lisboa será palco de um evento de realidade virtual promovido pelas Chicas Poderosas. O encontro destina-se a todos os que trabalham com imagem em contexto digital (fotografia ou vídeo), programadores, designers, jornalistas e artistas que queiram aprender sobre realidade virtual e filme em 360º, com o objetivo de desenvolver experiências de narrativas imersivas (immersive storytelling).

O evento realiza-se no Museu das Comunicações e na Beta-i, em Lisboa: o primeiro dia inclui palestras onde, mais que falar de realidade virtual, se verão exemplos práticos. Os dois dias seguintes servirão para pôr as mãos na massa num hackathon para produção de narrativas imersivas.

Em Lisboa, no papel de mentores, estarão:

  • Mariana Moura Santos, fundadora das Chicas Poderosas e ex-The Guardian
  • Zena Barakat, da IDEO
  • Antonio Camara da Ydreams
  • Robert Hernandez, cujo trabalho pode ser visto em publicações como The New York Times, NPR ou Propublica
  • Barbara Lippe, a “Bjork dos mundos virtuais”
  • Linda Rath-Wiggins, co-fundadora e CEO Vragments
  • Millan Berzoza, do Google News Lab
  • Simon Duflo, da Wonda VR
  • Thomas Seymat, da Euronews
  • Luís Martins, da IT People
  • Dany Rojas, da 3GO
  • Gaby Brenes, das Chicas Poderosas Costa Rica e Argentina

A participação é gratuita mas os lugares são limitados e condicionados à constituição de equipas multidisciplinares, a serem selecionados pela organização. Existem 40 vagas, por isso, se tiveres interesse neste evento de três dias, inscreve-te aqui.

Previous Portugal foi o maior exportador de bicicletas
Next A máquina russa que vende falsos likes no Instagram