Serão estes os óculos de realidade virtual que todos vamos querer?

A Google e o Facebook querem descomplicar o VR e torná-lo mais acessível.

Google Daydream
Google Daydream

Para entrar num mundo de realidade virtual (VR), precisas de uns óculos mas também de um telemóvel ou PC compatíveis. Não há ainda nenhum equipamento que autonomamente te ofereça toda a experiência imersiva. Mas a Google e o Facebook estão a trabalhar nisso.

Em Outubro do ano passado, Mark Zuckerberg anunciou que os próximos óculos da Oculus, empresa detida pelo Facebook, serão um meio-termo entre a experiência obtida com um telemóvel e aquela que um computador oferece. O novo equipamento será o único objecto necessário para entrar num ambiente virtual – será portátil, apto a produzir imagens de alta resolução e terá a capacidade necessária de processamento para garantir fluidez.

Sem cabos para ligar a um PC ou telemóvel a ser requerido, os novos óculos da Oculus ajudarão a descomplicar a realidade virtual, tornando-a mais acessível. Desde Outubro, nem o Facebook nem a Oculus adiantaram mais detalhes quanto a estes óculos.

Entretanto, nesta quarta-feira, a Google revelou que está a desenvolver um equipamento semelhante ao do Facebook. São dois óculos que também vão permitir sozinhos experienciar realidade virtual – uns vão ser fabricados com a HTC, os outros resultarão de uma parceria com a Lenovo. A Google estima que até ao final do ano ambos os dispositivos estejam nas mãos dos consumidores (do lado do Facebook/Oculus não foram avançadas datas).

Google Daydream

Os dois novos óculos da Google vão ser autónomos até ao nível dos sensores. Graças a uma tecnologia baptizada de World Sense, os equipamentos conseguirão detectar a posição e o movimento dos utilizadores no espaço físico, replicando-os no ambiente virtual.

Os futuros óculos da Google correrão o Daydream, a plataforma de realidade virtual baseada no Android que já está disponível em alguns smartphones, como o Google Pixel ou o Moto Z. Até ao final deste ano serão 11 os equipamentos com esta funcionalidade, incluindo o novo Galaxy S8 (a partir do Verão, com a actualização de software) e o próximo lançamento da LG (que deverá acontecer na segunda metade do ano). Quando usados com óculos como o Daydream View, os smartphones com Daydream permitem-nos usar apps e jogar em realidade virtual.

Previous Axe quer combater a “masculinidade tóxica”
Next O que sabemos até agora sobre o escândalo Temer - suborno?