Google Assistant chega a todo o lado… incluindo ao iPhone

"Hey, Siri. Launch Google Assistant"

A Siri vai ter mais um concorrente à altura no iPhone. Depois da Cortana, da Microsoft, é a vez do Google Assistant chegar ao iPhone e trazer suporte para português do Brasil, entre outras novidades. O anúncio foi feito durante a conferência do Google I/O, esta quarta-feira.

O assistente da Google não vai substituir o lugar da Siri que está instalada nativamente no iOS. Em vez disso, vais ter de abrir a app oficial da Google para acederes ao Google Assistant, no iPhone. A funcionalidade vai estar disponível para a versão 9.1 ou superior do iOS.

Podes descarregar o Google Assistant para iPhone aqui. Precisas de ter uma conta Apple ID norte-americana – para saberes como criar uma, clica aqui.

“Quase 70% dos pedidos feitos ao Google Assistant são em linguagem natural e não com keywords específicas como num motor de busca”, lê-se na página oficial. A principal dificuldade dos assistentes de voz sempre esteve relacionado com a aproximação à linguagem humana.

Vai ser possível falar com o assistente através de texto. A nova funcionalidade evita constrangimentos na utilização do assistente em público. Quando a conversa é iniciada pelo teclado, as respostas deixam de ser auditivas e a informação passa a ser mostrada no ecrã. Falar por escrito com o Google Assistant já era possível, mas só no Allo.

Além de se poder comunicar por escrito, poderás interagir com o Google Assistant com recurso à câmara (Google Lens) e vai haver um histórico de tudo o que fizeste com o assistente.

Há ainda suporte para quatro novas línguas, nos próximos meses: português do Brasil, francês, alemão e japonês. No final do ano, o italiano, espanhol e coreano também vão ser reconhecidos pelo Google Assistant. Até agora, o suporte de várias línguas era uma das vantagens da Siri, em comparação ao serviço da Google.

Todas as capacidades comunicacionais do Assistant sustentam a credibilidade do utilizador no serviço. Uma outra novidade é a possibilidade de se fazer compras sem ter que abrir as aplicações das lojas em questão. O Google Assistant trata de tudo e só pede a impressão digital para confirmar.

A capacidade de interagir com elementos externos não se fica pelas apps. A Google anunciou o lançamento de um SDK que vai permitir que mais dispositivos tenham o Google Assistant integrado, sem ter que formalizar uma parceria com a Google.

A conferência ainda serviu para anunciar algumas novidades sobre o Google Home. A coluna inteligente que dá corpo ao Assistant vai passar a fazer sugestões e interações pro-activas, mostrar resultados na televisão e chamadas hands-free. Não há previsão para a chegada do Google Home a Portugal.

Previous Com o Google Lens, nunca mais vais ter de pedir a password do wi-fi
Next Assim são os novos emojis da Google

Suggested Posts