Emma sofre de Parkinson e voltou a escrever graças a um relógio da Microsoft

O relógio ajuda a controlar os tremores musculares na mão da designer gráfica, permitindo-lhe escrever novamente de forma legível.

Uma investigadora da Microsoft Research criou um relógio de pulso especial que é capaz de ajudar as pessoas com a doença de Parkinson a escrever de forma mais clara. O protótipo cria vibrações no pulso que ajudam a controlar os tremores nas mãos. Este projecto, com o nome de Project Emma, foi apresentado na conferência anual Build, organizada pela Microsoft.

A doença de Parkinson é uma doença sem cura, que afecta mais de 10 milhões de pessoas em todo o mundo, sendo conhecida pelos tremores musculares que causa. O relógio Emma foi inspirado em Emma Lawton, uma designer gráfica com Parkinson e amiga de Haiyan Zhang, directora de inovação da Microsoft Research e responsável por este projecto. Zhang criou este relógio especialmente para Emma, que não tem conseguido escrever legivelmente há vários anos devido aos tremores da mão causados pela doença.

A vibração criada pelo relógio parece distrair o cérebro de Emma, acalmando assim os movimentos musculares da mão, o que faz com que o acto de escrever seja mais fácil. Como a própria Emma diz, “não vai ficar perfeito. Mas, meu deus, está melhor”.

As vibrações são controladas por uma aplicação num tablet com o Windows 10, podendo ser ajustadas de acordo com o estado de cada utilizador. Zhang irá continuar a desenvolver esta tecnologia, usando para isso tecnologias de aprendizagem automática (machine learning), de modo a desenvolver modelos que quantifiquem os sintomas da doença de Parkinson e estratégias que permitam neutralizar estes sintomas.

Este projecto é um passo importante no entendimento de uma doença sem cura, que afecta significativamente o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas que vivem com ela.

Previous Chelsea Manning está a “instagramar” os seus primeiros dias de liberdade
Next Suécia deixa cair acusação. Julian Assange já está livre?