A fotógrafa que tem fobia de sair de casa e viaja no Google Street View

A conta de Instagram de Jacqui Kenny é um museu das melhores imagens da ferramenta da Google.

A agorafobia e ansiedade de que sofre limitam a capacidade de Jacqui Kenny de viajar, pelo que a fotógrafa inglesa encontrou outra forma de ver o mundo: através do Google Street View. As suas viagens virtuais são documentadas numa série fotográfica no Instagram intitulada #AgoraphobicTraveller.

A história de Jacqui Kenny, aqui contada pela revista Artsy, é uma narrativa de esperança que pode inspirar-nos a ultrapassar os nossos mais intrínsecos receios. Agorafobia é o medo de estar em espaços abertos ou no meio de uma multidão – uma condição de ansiedade que limita o movimento de quem a tem em espaços físicos mas não no mundo virtual. Jacqui viu no Google Street View uma solução para explorar o mundo e documentá-lo na forma de que mais gosta – a fotografia.

“Viajar é muito difícil para mim, o que é realmente infeliz porque sempre sonhei em ir para sítios mesmo incríveis e distantes”, explica à Artsy. “Tenho uma grande paixão por fotografia, sempre tive”, diz ainda, acrescentando que o Google Street View, plataforma online que reúne fotografias de 360º dos cantos mais inesperados do planeta, é o mais próximo de uma fotógrafa de viagens que consegue ser.

Na sua conta de Instagram (@streetview.portraits), Jacqui usa o alter-ego #AgoraphobicTraveller para publicar as melhores imagens que faz dos passeios pelo Google. São screenshots meticulosamente tirados de zonas onde a forte luz solar e as cores vibrantes criam estéticas muito próprias – nas paisagens minimalistas que partilha raramente se vêem carros, apenas pessoas, casas ou outros elementos que saltaram à vista.

Jacqui tem preferência por países com temperaturas extremas, geralmente muito quentes, “nos quais tendemos a ver bonitas cores nas roupas e na arquitectura, e tudo parece ser um bocadinho mais vibrante”. Já tem mais de 25 mil screenshots feitos, conta, e continua sempre à procura de novos achados fotográficos. Jacqui mantém um olho atento a África, onde muitos países ainda não foram mapeados pela Google.

À Artsy, Jacqui Kenny confessa que este projecto tem ajudado-a a minimizar a agorafobia, contribuindo também para isso o apoio que recebe de uma comunidade global de quase 20 mil seguidores no Instagram, incluindo pessoas com fobias semelhantes. Jacqui explica que, ainda assim, geralmente evita aviões e destinos fora da sua zona de conforto.