Morreu o rapper Beto Di Ghetto

O Hip Hop português inicia a semana mais pobre.

Beto di Guetto

Hoje o Hip Hop português acordou de luto, ainda a digerir a notícia que no final do dia de ontem começou a circular pelas redes sociais sobre o falecimento de Beto Di Ghetto.

Até um dia tropa.https://youtu.be/kqRNqcoGgVI

Publicado por Allen Halloween em Domingo, 19 de Março de 2017

Brrrrrrrrrrrrreeeeeeeeeeee…Pamodi um certo homi fla!!! Cabeca yo pa pensa!!!!

Publicado por Né Jah em Domingo, 19 de Março de 2017

Nascido em Portugal, e descendente de Cabo Verdianos, Beto Di Ghetto era Felisberto Pereira Tavares quando rimava, quer fosse em português ou em criolo, tendo como maior virtude o sentimento aplicado em cada linha, usando a sua música como uma arma.

Em 2002, Beto participou em “Talvez“, no álbum Sobre(tudo), segundo disco do Sam The Kid, e em 2008, participou no tema “Quantidades“, faixa lançada na reedição de Pratica(mente). Em 2012 lançou o seu único álbum a solo, [Alfa]Beto. Ao longo da carreira o rapper colaborou com nomes como DJ Cruzfader,Madkutz, Bomberjack, Tchoras MC ou Syer, entre outros.

Porque todo o mundo é vítima da política, peço a vossa permissão para lançar a minha critica, é liberdade de expressão com boa educação, rap é o que faço tou em fase de exaustão

Sem nunca esquecer as suas raízes e valores da cultura, Beto di Ghetto será sempre recordado como um guerreiro com o dom da palavra. Um sonhador que lutava pela utopia da igualdade social, numa sociedade onde a tolerância parece ser cada vez menor.

 

Previous Boletim Tecnológico – 20 de Março
Next O que esperar da 5ª temporada de 'Prison Break'?

Suggested Posts