Manifesto em duas partes, por Casey Neistat

Depois do anúncio na noite de Óscares, Casey volta às origens.

No intervalo dos Óscares, Casey Neistat protagonizou, a convite da Samsung, um monólogo sobre os criadores de conteúdo amadores, direccionado aos senhores das grandes produções. Uma semana mais tarde, Casey vira-se para os amadores com um vídeo, mais a seu jeito, em que reforça uma mensagem que há muito tem vindo a transmitir com o seu trabalho: Do What You Can’t.

Vamos por partes. O primeiro vídeo com uma produção mais cuidada e um estilo mais polido é uma chamada de atenção à indústria cinematográfica para a audácia do conteúdo produzido pela nova geração e para os resultados obtidos. (Podes ver os bastidores aqui.)

O segundo, com os cortes e aplicação da tipografia que o caracterizam e uma duração superior, parece uma descodificação da mensagem “comercial” para o seu público. Depois de feita a chamada de atenção, Casey vira-se para a comunidade com um apelo claro para que arrisquem.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt