O Dia das Mentiras é uma enorme mentira

Começamos já a estragar a festa, desvendando algumas das mentiras que amanhã vão inundar a web.

dia das mentiras é uma enorme mentira

Todos os anos no 1º de abril os olhos arregalam-se nas redações de todo o mundo para tentar descortinar no mar de informação quantas das novidades resistem à tendência de ser uma desapontante mentira. O que era uma piada do mundo pré-internet – long long time ago – tornou-se numa autêntica febre digital.

Mas quando vamos perceber que se está a esgotar a piada? O que antes vingava pelo factor surpresa, agora satura pela previsibilidade. As mentiras já não são bem mentiras e no frenesi pouco se distingue mas muito se investe, afinal de contas até neste como nos outros dias it’s all about the money. 

Criativos, agências, produtoras, se nada disso é mentira não podiam falar a sério? Poder, podiam mas não era a mesma coisa. Num mundo digital em que marcas competem igualmente pelo espaço social, o dia das mentiras tornou-se num pretexto vip para dezenas de mensagens comerciais invadirem redações sob um qualquer ahhh.. que engraçado! 

Nós por cá gostávamos que o fim dos descontos nos dongles da Apple fosse mentira. E que nos deixassem pelo menos acordar sem estar alerta como nos bons velhos tempos (conseguiram deixar-nos com saudade de ser enganados).

O dia que devia servir para nos lembrar da nossa obrigação solene em todos os outros banalizou-se tanto como as mentiras. Em época de alternative facts e fake news, qual é a necessidade de ter um dia para esta brincadeira? 

E porque não queremos que o nosso rant seja inconsequente começamos já a estragar a festa, desvendando algumas das mentiras que amanhã vão inundar a web e que desde hoje começaram a ser reveladas sobretudo à imprensa, pois está claro.

PAC-MAN (novamente) no Google Maps

Esta é fácil e antiga: PAC-MAN no Google Maps.

Google… Wind?

O PAC-MAN não foi a única mentira precoce da Google. O braço holandês da multinacional apresenta o Google Wind, uma solução para transformar os moinhos-de-vento da Holanda em “espantalhos de nuvens”. É que chover 145 dias por ano pode ser chato… tanto como passar o dia a levar com sonhos de consumo irrealistas.

OnePlus Dash Energy

Quanto à OnePlus, a fabricante chinesa, dona de um dos smartphones Android mais acarinhados, pegou na sua tecnologia Dash Charge e decidiu transformá-la numa bebida energética que “desbloqueia a nossa capacidade escondida de limitar os seus ciclos de sono a meia hora por dia e fortalece-nos na nossa luta contra o sono”, explica em comunicado.

O produto chama-se Dash Energy e vem numa lata que segundo a OnePlus, dá energia para um dia em apenas meia hora. Uma versão real do Dash Energy vai ser distribuído em algumas localizações em Londres e India, e através de um sorteio online. Espectacular, depois de provares não vais querer outro telemóvel.

Burger King Whopper Toothpaste

Fora da tecnologia, a Burger King apresenta uma pasta de dentes com sabor Whopper, o icónico hambúrguer da cadeia de fast-food. Cebola branqueadora, tomate fresco e bife anti-cáries são os ingredientes desta inovação. Já na página de Facebook portuguesa, a Burger King promete novidades para dia 1. O que será? Alguém quer mesmo saber?

Se a OnePlus, a Google e a Burger King queriam que falássemos deles, parabéns, conseguiram. Agora queremos descanso e amanhã é um dia normal para nós e para as marcas que verdadeiramente querem comunicar connosco.