Festival em Viseu está recheado de boa música, cinema, literatura e muito mais

Evento decorre durante todo o mês de Abril.

Chama-se cult.urb_viseu.fest e realiza-se, pelo segundo ano consecutivo, de 1 a 30 de Abril, em Viseu. Trata-se de um festival multidimensional de arte que vai trazer à segunda maior cidade do Centro de Portugal (a seguir a Coimbra) bons nomes da música, literatura, cinema, pintura, ilustração, fotografia e arquitectura.

Organizado pela cooperativa cultural Acrítica, fundada no final de 2014, o cult.urb_viseu.fest é “um conjunto de eventos que, ao longo de todo o mês de Abril e através de uma mescla dos conceitos de cultura e de cidade, pretendem contribuir para uma oferta cultural pertinente e com consistência”, conforme refere uma nota de imprensa.

Este pequeno festival realiza-se dentro do Carmo’81, um espaço no casco histórico da cidade, e a sua programação que abrange artistas emergentes naturais ou residentes na região de Viseu e também de individualidades de reconhecido mérito nacional, nomeadamente:

  • Música: Paus, White Haus, Riding Pânico, Memória de Peixe, Galo Cant’às Duas, João Lugatte, DJ Quesadilla, DJ João Vieira
  • Literatura: Rui Zink, Maria João Fonseca, Inês Flor, João Pedro Azul, Mostra Internacional de Fanzines e de Edições de Autor, Feira do Livro Usado
  • Cinema: João Salaviza, Shortcutz
  • Pintura: Margarida Fleming
  • Ilustração: L Filipe Santos
  • Fotografia: John Gallo
  • Arquitectura: Pedro Gadanho

A inclusão social é uma vertente estruturante desta edição do cult.urb_viseu.fest, quer através da tipologia das residências artísticas, quer através de extensões dos workshops nas franjas do concelho ou da formação para jovens e crianças. O evento usufrui do apoio da Câmara Municipal de Viseu, na forma de co-organização.

Podes consultar a programação do cult.urb_viseu.fest na imagem em baixo (clica para ampliar) e no evento oficial no Facebook.

Previous Serviço de streaming da TVI disponível na box da Vodafone
Next O primeiro unboxing de uma box de televisão