Transportes públicos de Paris gratuitos para resolver pico de poluição


Paris está a enfrentar o maior e mais prolongado pico de poluição de Inverno da última década e a cidade está, desde terça-feira, a tomar medidas para colmatar este problema. Os transportes públicos foram tornados gratuitos e a circulação automóvel foi restrita na capital francesa.

Durante terça-feira, as viaturas com matrículas impares foram impedidas de entrar em Paris. Nesta quarta-feira, a proibição foi invertida para os automóveis com matrículas pares. Os infratores arriscam-se a pagar multas entre os 22 e os 35 euros. Só na terça-feira, cerca de 1700 motoristas foram multados.

Os elevados níveis de poluição, relacionados com as baixas temperaturas e o facto de o céu se encontrar limpo, também foram registados noutras cidades francesas. A ausência de vento contribui para uma anormal acumulação de partículas na atmosfera. Essas partículas resultam quer das emissões poluentes dos veículos, quer do fumo das lareiras domésticas.

Os transportes públicos de Paris foram tornados gratuitos para encorajar os residentes a deixar os veículos estacionados em casa. No entanto, o aumento do número de utentes provocou atrasos e perturbações nos serviços de metro e autocarros.

Os limites de velocidade foram também reduzidos para 20 quilómetros por hora. Se os níveis de poluição se mantiverem elevados, praticamente todos os veículos serão impedidos de circular na capital.

Anne Hidalgo, presidente da Câmara Municipal de Paris, partilhou no Twitter uma imagem da cidade coberta pela poluição:

Previous Bélgica e Países Baixos trocam territórios
Next A banda sonora completa de ‘Westworld’ já está disponível no Spotify

Suggested Posts