Será que a Wikipédia nos diz quais são as séries mais vistas do Netflix?

Analisando o número de visualizações das páginas de Wikipédia sobre séries do Netflix, este é o resultado.

Partindo do princípio que, quando antes de nos atirarmos numa nova série, pesquisamos sobre ela no Google e, consequentemente, na Wikipédia, o The Outline analisou a popularidade das entradas na gigante enciclopédia online relativas a algumas das séries mais populares do Netflix.

Ao contrário das estações de televisão tradicionais, o Netflix não revela dados sobre a audiência dos seus conteúdos. Não sabemos quantas visualizações tiveram efectivamente séries como Stranger Things ou Black Mirror, apesar de a empresa ter toda a essa informação e saber muito mais ainda. Com o empurrão das suas agências de PR, o Netflix influencia global e directamente o buzz mediático que é criado em torno das suas séries, quer nas redes sociais, quer na imprensa.

Ou seja, podemos julgar pela quantidade de posts e de artigos que vimos e lemos sobre Stranger Things ou Black Mirror que todo o mundo se sintonizou no Netflix para assistir aos respectivos episódios, que estas duas séries bateram recordes de audiência, até porque o Netflix está disponível em todo o mundo. Mas será que não estamos a ser comidos apenas pela força de PR desta empresa de streaming?

O The Outline analisou o número de visualizações das páginas de Wikipédia sobre séries do Netflix no fim-de-semana após a respectiva estreia no serviço de streaming, e o resultado é este:

O gráfico mostra apenas séries que cujas entradas na Wikipédia tiveram pelo menos 100 mil pageviews no seu primeiro fim-de-semana (quase todos os conteúdos estrearam numa sexta-feira). Assinalado no gráfico está o único dado revelado pelo Netflix sobre a audiência de uma série, nomeadamente Orange Is The New Black. Através da Nielsen, a empresa disse que 6,7 milhões de pessoas assistiram á estreia da 4ª temporada no primeiro fim-de-semana.

Conforme nota o The Outline, analisar exclusivamente as visualizações de página na Wikipedia no fim-de-semana a seguir à estreia não é um método super científico e dá-nos apenas uma ideia da popularidade inicial. Alguns conteúdos podem ganhar audiência após um passa-a-palavra inicial.

Partilha nas redes sociais:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
  • Jornalista, adepto de cidades humanas e curioso por ideias que melhorem o país. Co-fundei o Shifter em 2013, sou desde 2020 coordenador do projecto editorial Lisboa Para Pessoas.

Contribui para o Shifter para mais artigos como este:

2 €/mês

5 €/mês

10 €/mês

15 €/mês

Donativo

Artigos Relacionados

Junta-te à Comunidade
Jornalismo é aquilo que fazemos todos juntos. Entra na Comunidade Shifter e faz parte da conversa.
Sabe mais
Em teste

Bem-vind@ ao novo site do Shifter! Esta é uma versão beta em que ainda estamos a fazer alguns ajustes.Partilha a tua opinião enviando email para comunidade@shifter.pt